Etiquetas

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Ganhar ou participar?

Em qualquer competição desportiva é importante vencer. O alcançar a glória é o objectivo de qualquer atleta que se preze. No fundo, isso representa a ambição e o estado de espírito com que se encara a profissão. 
Nos Jogos Olímpicos, o sonho de qualquer um é chegar às medalhas. Não apenas porque se trata de alcançar a glória mas porque é um marco importante para o país. Uma medalha representa algo na vida do atleta mas também a consagração de uma nação. A vitória é partilhada por todos. 

No entanto, há quem considere que chegar aos Jogos já é um enorme feito, até porque muitos ficaram pelo caminho. Fazer parte do grupo olímpico não é para todos. Vem isto a propósito da fraca prestação desportiva dos atletas portugueses. Não em termos de resultados mas mais ao nível das medalhas. Se olharmos para o remo, atletismo, ténis de mesa e Vela, podemos considerar que a prestação tem sido razoável. Contudo, Portugal arrisca-se a ser o único país europeu sem qualquer medalha nos Jogos de Londres. Fica para mais tarde a análise à prestação portuguesa, até porque os Jogos ainda não acabaram e podem acontecer surpresas, mas fica a questão de saber se as provas são encaradas como "finais" ou simplesmente para desfrutar. 
Tanto uma forma de estar como a outra são aceitáveis, mas ao menos os atletas deveriam antes de entrar nas provas de dizer quais é que são os objectivos propostos. Não que isso tenha de vir cá para fora, mas pelo menos dentro da respectiva Federação. Verdade seja dita que as expectativas lusas para estes jogos eram baixas atendendo às ausências importantes no atletismo.

Há falta de cultura desportiva em Portugal? Muita, mas também não vejo vontade de ganhar e de chegar á glória. No fundo, falta mais ambição do que cultura desportiva. Os Jogos podem ser encarados para vencer como para "passear". Dá a ideia que os atletas portugueses "entram" em prova para desfrutar do momento olímpico.............

Sem comentários:

Share Button