Etiquetas

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

De manhã só na caminha...

Aproveitando a pausa política, debruçemo-nos sobre o que se passa nos Jogos Olímpicos, nomeadamente ao nível do desempenho dos atletas. Já falámos sobre a desilusão no Judo, sobre o caso Carolina mas como não podia deixar de ser temos de analisar Marco Fortes. Não das suas prestações, que continuam a ser paupérrimas mas pelas declarações proferidas após os maus resultados.

Esta fotografia antecede o momento de entrada na competição. Marco Forte sempre descontraído, como se estivesse na caminha.Porque para ele as provas são demasiado cedo. No fundo, o que o COI devia fazer era perguntar ao atleta qual a hora que lhe convém lançar o peso. Depois do célebre "de manhã só na caminha", em Londres 2012, a justificação para mais um falhanço para a final "são as condições muito complicadas". Tal como há quatro anos, de manhã só mesmo na caminha.....

Este é mais um episódio anedótico de Londres 2012. Para além de se prejudicarem como atletas, aqueles que vão para os Jogos fazer figuras tristes estão a manchar o bom nome de Portugal. Como se vê na fotograifa, é o nome de Portugal que salta mais à vista. Não se percebe como não existe uma reacção do COP em relação a este tipo de situações. Se Carolina Borges foi excluída por tão pouco, não se percebe porque ninguém actuou ao ter presenciado estas cenas lamentáveis em pleno Estádio Olimpico. Esperemos que este atleta não entre em competição no Rio de Janeiro 2016. Se é para ficar a dormir então que o faça na caminha. E em Portugal

Portugal já ganhou a medalha de ouro das figuras tristes.

Sem comentários:

Share Button