sexta-feira, 20 de julho de 2012

Uma questão de consciência social

O mundo do futebol é conhecido pelas muitas transferências que os clubes realizam entre si, em especial nesta fase do chamado "defeso". A compra e venda de jogadores é uma constante e os números envolvidos nos negócios poderiam alimentar muitas crianças em África. 
Não são apenas os valores das transferências que causam indignação. Os salários dos futebolistas são de fazer inveja a qualquer trabalhador de classe média que "viva bem". Não está em causa se a profissão merece ser premiada com valores exorbitantes, até porque convêm não esquecer as obrigações a que os futebolistas estão sujeitos. Isto para além de terem uma carreira curta. Há que lembrar as situações de desespero e salários em atraso porque alguns jogadores passam, como se veio a verificar o ano passado no nosso campeonato.

No entanto, é preciso acabar com as situações de exagero que se continuam a verificar, como é o caso de Zlatan Ibrahimovic que vai ganhar cerca de 15 milhões/ano no seu novo clube, o Paris Saint Germain. É preciso ter em conta os tempos que vivemos e o impacto causado na sociedade. Uma sociedade que passa por problemas, com os salários cada vez mais curtos face aos inúmeros aumento de impostos e sacrificios que são pedidos pelos governos. O desporto e o futebol em particular não podem viver num mundo à parte, pelo que é necessário regular este tipo de movimentações no mercado de transferências. Mas não só. A nível salarial é igualmente importante diminuir diferenças, até porque assim a competição é mais equilibrada. Contudo, não se pode evitar que qualquer clube seja comprada por um magnata vindo das arábias ou da china. Como vivemos numa economia de mercado não se pode impedir qualquer tipo de investimento. 

É possível regular as duas questões levantadas: as transferências e os salários. Não com o objectivo de impedir a fama e o sucesso de alguns, mas criar uma consciência social no futebol, de forma a que consiga chamar todo o tipo de adeptos. 

Sem comentários:

Share Button