domingo, 15 de julho de 2012

Olhar a Semana - Relvado dividido

As noticias que dão conta divisão entre o CDS e PSD, são um sinal de intranquilidade que se vive no seio da maioria, tudo por causa da questão Relvas. Se por um lado os sociais-demcratas, e em particular Passos Coelho, preferem que seja Relvas a dar o passo, já os centristas, com Portas à cabeça preferem uma atitude por parte do PM. Não foi por acaso que as primeiras críticas vieram da parte CDS.
No fundo o que Passos Coelho tem de pesar nos dois pratos da balança é a manutenção de um Ministro importa que controla não só o Governo mas também o PSD, e a continuidade do Partido que sustenta a maioria. Apoiar Relvas é afastar o CDS, mas se retirar o Ministro de cena irá ter de aturar os velhos papagaios social-democrata que aparecem sempre nas horas dificeis. E quem sabe se o próprio Relvas não aplica a velha máxima "a vingança é um prato que se serve frio".

Sem comentários:

Share Button