Etiquetas

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Cerco a Relvas

A hora de Miguel Relvas está a chegar. Quando digo isto é para sinalizar o momento de saída do actual Ministro dos Assuntos Parlamentares do governo. 
Agora não é só a oposição que pede a sua cabeça. Bagão Felix foi o primeiro dos que pertencem "à maioria", a sugerir a demissão de Relvas. Sendo o ex-ministro das finanças uma voz importante na vida politica  nacional e também dentro de um dos partidos da coligação, as afirmações não deixarão de causar desconforto dentro do executivo. Até porque cabe a Paulo Portas controlar as vozes potencialmente incómodas. No entanto não conseguiu evitar um desabafo de Bagão.

Mas não são só os pedidos de demissão que fazem eco na comunicação social. Enquanto não existirem mais "casos" por revelar, é a vida privada do Ministro que é notícia. Também este love affair pode ter ligações ao senhor cunha.

O cerco ao Ministro aperta-se com maior intensidade e o número de casos deixam-no a ele a Passos Coelho numa situação complicada. Se Passos Coelho perder o seu número 2, o governo pode ficar sem uma pessoa influente e capaz de mexer os cordelinhos tanto em São Bento como dentro do próprio PSD.


Sem comentários:

Share Button