domingo, 24 de junho de 2012

Quem manda é sempre a Alemanha. E Merkel

Foi desta forma que a Chanceler Alemâ comemorou cada golo que entrava na baliza da Grécia. E foram 4, os golos que a Alemanha marcou aos helénicos nos quartos de final do Euro 2012 que se disputam na Polónia e Ucrânia.
Merkel vinga-se assim dos gregos que a odiam tanto, mas esta é uma vingança fria que Angela serve, bem ao estilo alemão.

Isto numa semana que marcou a formação do novo executivo grego que saiu das recentes eleições gregas. Para evitar que algum partido que constitui a nova maioria faça algum disparate, isto é, tenha sequer pensado em rasgar o acordo de entendimento; Merkel afirma a sua superioridade e mostra quem manda. Seja na economia ou no futebol, a Alemanha está sempre por cima da Grécia e assim vai ficar até aquele país conseguir recuperar os seus indices económicos. Mas esta postura foi essencialmente para o Syriza. Que não pensem os gregos em dar colo ao unico partido que é contra a politica de austeridade da Senhor Merkel. Segundo apurámos junto da Chanceler, Merkel está mortinha por encontrar Portugal na final, para poder mostrar também perante os portugueses que quem realmente manda é ela própria.

E não um qualquer Coelho que se ache legitimamente Primeiro-Ministro só porque foi eleito no seu país. Isso já não se usa.

Sem comentários:

Share Button