quinta-feira, 21 de junho de 2012

Ideias Politicas : Que partido deveria ser o CDS? III

Há quem entenda que o CDS é um partido da Direita. Não daquela Direita pura e dura, mas um tanto conservadora e pouco sujeita às mudanças do tempo e da sociedade.
De há um tempo para cá, o PP tem vindo a tentar tornar-se num partido mais liberal, menos conservador, querendo libertar-se das ideias democratas-cristâs que o não têm deixado crescer mais no panorama político português. Embora nos ultimos anos tenha crescido a nível parlamentar, o CDS de hoje está bem longe daquele CDS que com Freitas do Amaral tinha relevância na sociedade portuguesa.

Independentemente dos lideres que têm passado no partido, há muito que o conservadorismo e a democracia-cristâ tomaram conta da ideologia do Partido Popular. No entanto, há quem queira que o CDS seja um partido mais liberal, defendendo uma ideologia mais aberta e que se adeque aos novos tempos.

É neste ponto que começa a discussão. Como é que é possível que um partido consiga reunir diferentes ideologias, embora semelhantes?

Tem essencialmente a ver com a questão profundidade que um partido de Direita consegue ter. Falamos em profundidade ideológica e assimilação de várias doutrinas,valores e principios que são diferentes para cada "área", mas que conseguem coabitar entre si dentro do mesmo espaço. Neste caso, no partido mas também na Assembleia da Republica, onde o grupo parlamentar reune várias sensibilidades. 

Deveria o CDS optar por uma ideologia em vez de aceitar as diferentes orientações doutrinárias?

(continua dia 25...)



Sem comentários:

Share Button