Etiquetas

domingo, 6 de maio de 2012

Olhar a Semana - 1º de Maio no bolso


Já muito se falou sobre a campanha promocional do Pingo Doce, por isso não vale a pena continuar a abordar esta questão. No entanto, a forma como Soares dos Santos meteu o 1º de Maio no bolso foi fantástica. Não acredito que o dono da Jerónimo Martins não tenha pensado em tudo. É óbvio que o dia para fazer esta promoção deveu-se sobretudo a querer tapar uma data histórica e com importância na vida política portuguesa. Ainda por cima, tendo em conta o momento que atravessamos era de esperar um foco especial nas acções de rua por parte dos Media. Não foi isso que aconteceu, tendo os discursos de João Proença e Arménio Carlos passado para segundo lugar. 
Com o objectivo cumprido de ter toda a atenção mediática, a Jerónimo Martins teve de enfrentar as críticas da esquerda. Desde a questão do dumping, supermercado aberto no dia do trabalhador, entre outras.....
Não se entende qual a razão de tantos protestos por causa desta promoção que serviu para ajudar muitos portugueses em dificuldades, mas sendo notória que quem ficou a ganhar com esta promoção foi o próprio Pingo Doce.
A esquerda não aceitou ainda o facto de a Jerónimo Martins se ter mudado para a Holanda. Não vejo os partidos mais radicais a levantar a voz contra outras promoções bem mais escandalosas do ponto de vista "económico". 
Se a acção de Soares dos Santos parece uma atitude política contra os valores da esquerda radical, esta vem agora colocar em causa do ponto de vista legal, a obtenção dos lucros conquistados com esta promoção.

Sem comentários:

Share Button