domingo, 22 de abril de 2012

Pinto da Costa, o papa português



Esta semana celebrou-se mais um aniversário de Pinto da Costa à frente do FCP. Completaram-se 30 anos daquele a que muitos chamam "o papa português", à frente da equipa azul e branca. Não é uma data simbólica, mas sim um marco importante em vésperas da conquista de mais um campeonato nacional de futebol. Este com mais sabor devido ás criticas e também ao atraso que o FCP teve em relação ao seu maior rival de sempre. 
Com Pinto da Costa, o FCP conseguiu ultrapassar o Benfica em títulos nacionais e fazer do clube uma referência a nível nacional mas também internacional. Ao longo do reinado de PC, o FCP venceu 5 títulos internacionais. Mais do que aquilo que o Benfica venceu a nível doméstico. 
Para além do futebol, PC teve influência a nível político. Quem não se esquece da sua zanga com Rui Rio. No entanto, foi com PC que o futebol nacional viveu também os piores momentos. Os casos Apito Dourado e Apito Final não vão ser esquecidos tão facilmente, ainda por cima com as escutas a serem publicadas. Mas com isso, PC vive bem porque da fama de vencedor já ninguém lha tira. 

Sem comentários:

Share Button