Etiquetas

sábado, 24 de março de 2012

Portas é o novo amigo do Coelho

A presença de Paulo Portas no Congresso do PSD representa a unidade e cooperação dos dois partidos no Governo. Apesar das tormentas, PSD e CDS estão unidos em tirar o país das amarras do FMI....
Por enquanto é assim e depois logo se vê.....
É notório que a importância de Portas neste governo é enorme e isso só lhe traz vantagens para ele e para o seu partido. No fundo, se alguém perder votos nas próximas legislativas por causa das medidas de austeridade será sempre o PSD e nunca o CDS, e por isso é que Portas se resguarda tanto, dando maior protagonismo a Passos Coelho e a Relvas. É que nas próximas legislativas, os dois partidos irão a votos sozinhos e o CDS irá tirar pontos ao PSD.
A influência de Portas é tão grande que Passos até o leva ao Congresso, fazendo dele a grande atracção da reunião magna. Jardim, Marcelo, Rangel, Montenegro....todos eles foram "apagados" com a presença de alguém que não partilha dos mesmos ideais mas que foi a figura do encontro.
E isto aconteceu no dia em que o próprio Portas ganha a guerra contra Gaspar em relação à nomeação de Teixeira dos Santos para administrador não executivo da PT. O que obrigou Passos Coelho a não ter a coragem de negar essa realidade à frente Portas.
O congresso do PSD começa bem para Portas.

1 comentário:

Fatyly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Share Button