domingo, 11 de março de 2012

Olhar a Semana - Álvaro e Gaspar

Esta semana deu-se o primeiro conflito institucional entre dois membros do governo. Os protagonistas foram o Ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira e o Ministro das Finanças Vitor Gaspar.
A causa do conflito foi a atribuição dos fundos comunitários. Essa é uma tarefa que cabe ao Ministro da Economia gerir mas desta vez Passos Coelho decidiu criar uma equipa interministerial liderada pelo Ministro das Finanças, o que gerou ciumes em Alváro. Perante isto, o Ministro da Economia ameaçou bater com a porta, tendo sido chamado a São Bento numa reunião de emergência.

Sem muito alarido, o PM conseguiu resolver a questão sem que houvesse muito falatório em relação ao caso, o que prova a astúcia de PPC em gerir o seu executivo.

Vitor Gaspar sai mais forte nesta questão, enquanto que o Ministro da Economia já começa a ver alguns lenços brancos. Muitos questionam a sua competência e inteligência para que meta a eonomia do país a funcionar. Não haja duvida que Vitor Gaspar é o braço direito de PPC, isto se excluirmos o cabecilha Miguel Relvas.

Álvaro Santos Pereira perdeu uma boa hipotese de ganhar peso dentro do executivo.

10 comentários:

Fatyly disse...

Astúcia de PPC??? ou "manganice imperiosa" de Relvas?

Toda esta pessegada mostra bem em que águas navegamos!!!

e a Economia tarda em chegar!!!!

expressodalinha disse...

Não entendo a astúcia de PPC. Foi uma derrota em toda a linha. A prova de que os mega-ministérios são uma falácia. A prova de que escolheu mal. A prova de não tem política de crescimento. A prova de que não gere a comunicação do governo. A prova de que estava impreparado. Convém que a clubite não nos cegue. Infelizmente isto está a ficar muito complicado ao nível do entendimento. O CDS vai atacar. O PS está a ser forçado a divergir. O PR está tonto.

Francisco Castelo Branco disse...

O PS diverge mas mal porque assinou o acordo da troika

expressodalinha disse...

PPC está a empurrar para os isolar na esperança de poder dizer mal deles e ganhar na "politiquice". Euequece o país. Se isto não é óbvio, então há por aí muita cegueira. Em seis meses este governo perdeu toda a credibilidade. Pena!

Fatyly disse...

"O PS diverge mal porque assinou o acordo" e o PSD está a ir muito, mas muito além do acordo com a TROIKA sem pensar minimamente no restante.

PPC bem que tenta ir às capelinhas europeias mostrar que sim, que faz...mas cada vez mais "a foto de família" está a ficar desfocada!

Francisco Castelo Branco disse...

expresso

não concordo.QUe ganhava ele com isso?

Se ele falhar na Economia e Finanças é o fim politico dele. Historicamente é o que nos tem dito.
Que se falham uma destas pastas, o PM está muito perto de cair.

expressodalinha disse...

É uma excelente pergunta. Tens de a fazer a ele. Mas é um facto.

expressodalinha disse...

Sabes, é sempre bom ter bodes espiatórios para o desaire anunciado.

Francisco Castelo Branco disse...

não acho qu seja desaire anunciado....

Até porque a troika diz o contrário.

expressodalinha disse...

ESPEREMOS Q NÃO.

Share Button