Etiquetas

segunda-feira, 26 de março de 2012

A Grande Viagem dos Salmões - Salguão XX

(....)

Salmonisco e o seu grupo acabavam de entar no estuário do rio. A subida ia começar a ser feita de modo tranquilo e sereno. Ao contrário de Salmolipe, o lider dos Salmonix não deixava ninguém ficar para trás. Este era um lider em que todos confiavam e acreditavam o destino das suas vidas.

A seca já tinha passado, e previam-se fortes tempestades para aquela zona. No entanto, havia sempre risco desta previsão falhar. Alguns salmões não quiseram entrar precisamente devido a esta situação.

Salguão, já tinha quase idade de velho e as aventuras eram mais que muitas. No meio da comunidade, tinha a alcunha de "Soldado", pois ele havia ajudado muitos companheiros nestas viagens mas também em lutas travadas entre as várias comunidades de salmões. A conquista de território também era uma tarefa típica destes peixes. Ao passar por Salmonisco, Salguão decidiu acabar ali com a aventura.

- Meu caro, Salmonisco não vou poder seguir-te. As minhas barbatanas já não dão para mais. Foram muitos anos a subir este rio e por aqui também vi muitos companheiros a perderem a vida. Já estou velho demais para passar pelo mesmo. Espero que tenham sorte e tragam Salmonão são e salvo. - afirmou Salguão vertendo uma lágrima no canto do olho.

- Tenho pena mas compreendo a tua decisão. Espero que a viagem de regresso seja tranquila. Daqui a uns meses espero encontrar-te em casa para festejarmos o resgate do nosso amigo. - retorquiu Salmonisco.

- Assim será.

Deram um abraço e cada um seguiu o seu caminho. Salguão era o ultimo da fila, pelo que já estavam todos à espera de Salmonisco para iniciar a subida.

O velho salmão heroi partiu de regresso a casa. No entanto, em pleno alto mar um enorme vulto surgiu do nada com a boca aberta e pronto para ingerir.

Salguão não mais veria os seus companheiros porque havia sido engolido por um tubarão.

(continua dia 28....)

Sem comentários:

Share Button