quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

UMA LEI QUE AFECTA O MUNDO


Google e Wikipedia são algumas das empresas que estão hoje em protesto, contra duas propostas de lei anti-pirataria em discussão nos Estados Unidos da América

Ao entrar, hoje, na Wikipedia, na versão inglesa, não se consegue aceder aos seus conteúdos. "Imagine o mundo sem livre conhecimento", é a mensagem que chama a atenção para o protesto.

"Nada como isto aconteceu, anteriormente, na Wikipedia inglesa", explica o "site", acrescentando que os wikipedistas "escolheram fechar o site inglês pela primeira vez, porque estão preocupados que o SOPA e o PIPA limite severamente o acesso à informação online. Isto não é um problema que afectará apenas as pessoas nos Estados Unidos: Vai afectar toda a gente no mundo".

O SOPA (Stop Online Piracy Act) e o PIPA (Protect IP Act) são as duas propostas em discussão.

Também o Google associou-se ao protesto, que pode ser seguido em sopastrike.com, deixando a mensagem: "Diga ao Congresso: Não censurem a web" e apela: "Combatam a pirataria, não a liberdade".

Segundo o "New York Times", as duas propostas de lei, o SOPA, na Câmara dos Representantes, e o PIPA, no Senado, são apoiadas pelos grandes grupos de media e pretende travar os "downloads" ilegais e o "streaming" de vídeos e de canais de televisão. Mas a indústria tecnológica teme que estes grupos fiquem com poder para encerrar "sites" alegando que estão a abusar dos direitos de autores.

De acordo com a proposta legislativa, se um detentor dos direitos de autor, como a Warner Brothers, descobre que um site está a oferecer cópias ilegais de uma música ou de um filme, esse autor pode pedir em Tribunal que os motores de busca, como o Google, removam o link a esses sites e obrigar que se retire a publicidade desses mesmos sites. As companhias de internet teme, por isso, e dada a amplitude da definição do termo "motor de pesquisa" que sites grandes e pequenos possam ter de monitorizar todo o material nas suas páginas, procurando alegadas violações. Uma tarefa complexa e dispendiosa.

1 comentário:

Francisco Castelo Branco disse...

é complicado.

a Net é um mundo sem lei nem regras.

veja-se aqui...

podemos publicar as fotografias que entendemos.....

o que tem de se fazer é criar conteudos internauticos que possam ser rentabilizados e economicamente de aproveitar

Share Button