segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

A grande Viagem dos salmões - peixes-palhaços V

(...)

Crusat era a primeira paragem na grande viagem dos salmões. Este pequeno coral era habitado por peixes-palhaços de várias cores. Aquela que dominava era o laranja mas também haviam peixes amarelos, azuis, encarnados e até roxos. Estes pequenos seres eram conhecidos pelo seu recatamento mas também pela enorme amizade que nutriam pelos salmões. Era conhecida a forte relação entre as duas espécies, tendo inclusive existido trocas comerciais e de alimentos.

Os peixes palhaços eram governados por um rei. Naquela povoação ainda não tinha chegado a democracia dos Pinguins ou mesmo dos salmões. Napula III era o Rei-Palhaço que governava Crusat há mais de 50 anos. Embora a monarquia não fosse bem aceite pelos seus habitantes, em termos económicos e de desenvolvimento, o reino de Crusat era uma maravilha onde quase todos viviam bem, daí que não houvesse grandes manifestações de descontentamento. Cerca de 4000 peixes palhaços habitavam lá.

Zigizim avistou ao longe um enorme cardume de peixes. Tocou o sinal de alarme para que todos os peixes regressassem aos seus lares, porque o perigo por aquelas zonas era uma constante.

- São os nossos amigos Salmonix. Não há qualquer problema. Podem sair do buraco - avisou Gomel.

Os Salmonix estavam a chegar....

(continua dia 25..)

1 comentário:

daga disse...

Esses peixes palhaço eram uma espécie de espantosa longevidade, como se vê pela idade do rei! Também é interessante estarem contentes com a monarquia e, principalmente, gostarem de ajudar outras espécies :)

Share Button