Etiquetas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A Grande Viagem dos Salmões - Nemo VI

(...)

Salmonisco liderava o grupo de salmões que acabava de chegar a crusat. Ao chegar ao pequeno coral, Gomel guiou-os ao Rei Napula III. Rapidamente salmões e peixes-palhaços estavam a conviver uns com os outros. Os seus habitats ficavam próximos e era frequente haver uma troca de relações entre estas duas espécies. Normalmente, aquando das suas viagens anuais os Salmonix paravam sempre em Crusat. Desta vez não era excepção, mas havia um propósito ainda maior.

- Meu amigo Salmonisco. Há quanto tempo. Outra vez de viagem para os rios perigosos do Alaska? - perguntou Napula

- Rei Napula, estamos mais uma vez de partida para uma grande aventura. O ano passado o nosso companheiro Salmonão ficou preso por causa de uma foca que o capturou. É nossa intenção ir em busca de um familiar nosso - replicou Salmonisco.

- Bem sabes que podes contar com o meu apoio moral, infelizmente a nossa viagem não coincide com os mesmos locais mas mesmo assim rezaremos para que consigam ultrapassar todos os perigos que esta viagem acarreta. Terão de enfrentar baleias, tubarões, Ursos, as correntes perigosas, os rios secos e muito mais.

- Eu sei Majestade, mas tenho a certeza que a união prevalecerá sobre esses perigos. Há muito que fazemos a mesma viagem e cada ano que passa sabemos contornar os obstáculos. Somos ágeis e aerodinâmicos, pelo que sobreviveremos. - garantiu Salmonisco.

- Assim o espero. Que quereis de mim?

- Gostava de contar com alguns amigos palhaços para nos ensinar a técnica para fugirmos aos ursos quando estivermos nos rios baixos.....

- Bem, não sei quantos peixes palhaços estão dispostos a morrer pela vossa causa, mas tenho a certeza que a Brigada Peixe-Palhaços pode dispensar alguns elementos - confirmou o Rei.

- Muito Obrigado Majestade.

- Não tendes de agradecer. Vai ter com Gomel e pede que ele te leve a Nemo. Ele é o capitão da Brigada. Diz que vens da minha parte e precisas de reforços. Serão postos à tua disposição alguns soldados corajosos.

Napula e Salmonisco despediram-se e o Salmão foi ter com Nemo. Conseguiu que o próprio capitão e mais 50 peixes-palhaços partissem na aventura. Logo de seguida, despediram-se de Crusat e seguiram viagem rumo aos rios da Columbia. Mas antes ainda tinham de passar pelo mar....

(continua dia 30...)

1 comentário:

daga disse...

ah assim já fico mais descansada! a brigada especial chefiada pelo capitão Nemo será muito importante para que a viagem seja um êxito!

Share Button