segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Utopia Financeira

Um Estado que faz tudo o que pode para conseguir que o défice do exercício de 2011 não supere a barreira dos 5,9% do PIB (mais de 10.000.000.000€) diz que tem um excedente orçamental de 2.000.000.000?

3 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

é bom de ver que esse montante é para pagar a fornecedores

E muito bem o PM a admitir que o Estado tem dividas.

mais um sinal positivo para PPC

Fatyly disse...

e de onde vem este montante? Não sei se irei dizer alguma asneira, mas se disser por favor esclareçam-me.

Tudo isto não está ligado a isto?:

"Esta operação [transferência do fundo de pensões da banca para o Estado] vai permitir atingir o objectivo [do défice] deste ano. Irá até ficar um pouco abaixo, porque ultrapassa aquilo que são as necessidades de medidas extraordinárias para atingir os 5,9%", afirmou Hélder Rosalino, na conferência de imprensa do Conselho de Ministros.

A transferência do fundo de pensões da banca para o Estado foi aprovada sexta-feira em Conselho de Ministros. Vão ser transferidos para a Segurança Social activos avaliados em seis mil milhões de euros, que dizem respeito às reformas dos bancários já reformados. Cerca de 55% deste valor será transferido até ao final do ano."

e quanto irá custar isto ao Estado (todos nós), que terá de repôr em 2/3 anos? E as garantias que irão ser dadas aos bancos, como estarão redigidas? De uma coisa eu sei, as reformas dos bancários terão de ser cumpridas na integra e sem penalizações e descontos como alguns alvitraram. Não será de facto uma "Utopia Financeira", tapando um buraco com a abertura de outro?

.............

agora se vem dos impostos cobrados, acho muito bem que paguem as dívidas às PME já muito asfixiadas e sem matéria prima "a pequena(grande) alavanca da economia que ainda nos resta", mas sem querer ser agoirenta não acredito, mas que seja desviado para...aguardarei para depois dizer bem se tiver que dizer ou mal se for o que penso!

olha, olha

sinal positivo de PPC? essa não...já milhares de portugueses o deram porque há décadas que sentem na pele que o maior devedor e pior pagador e sempre com atrasos, é o Estado (excepto aos seus funcionários).

expressodalinha disse...

Mas o Fundo não está provisionado?

Share Button