Etiquetas

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Um ano de vida?

A julgar por aquilo que vem veiculado na Imprensa, a Cimeira Europeia e o acordo alcançado em nada vieram trazer de positivo para a moeda unica.
Ao que parece a Moody´s prepara para cortar o rating de alguns países da Zona Euro logo no príncipio do ano, dando assim uma espécie de presente pela entrada em 2012.
A situação italiana e espanhola é bastante grave e ao que tudo indica vai ser necessário intervenção do FMI nestes dois gigantes europeus. A acontecer será o fim do euro, como já avisaram vários dirigentes europeus.

Não se percebe no entanto, a importância que estas agências têm no mercado europeu, ainda por cima sendo a sua sede nos Estados Unidos levanta maiores suspeitas. Era importante que uma entidade europeia tratasse de regular estas questões relacionadas com o rating. Mas na cimeira nada foi decidido.

Já há notícias de países que estão a imprimir moeda local, antecipando uma eventual quebra do Euro.

Perante isto, e tendo em conta que 2012 será um ano de recessão para a zona euro, estamos em crer que o fim do euro começou mesmo quando a Grécia pediu ajuda financeira ao FMI. Podemos andar de cimeira em cimeira ou de tratado em tratado que tudo terá de pensado de novo e construído de raiz.

2 comentários:

expressodalinha disse...

Essa dos países a imprimir é novidade para mim! Estás seguro (sem Tó Zé)?

Francisco Castelo Branco disse...

é o que se fala.

Share Button