Etiquetas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Prémio Personalidade do ano 2011

Como já vem sendo habitual neste espaço, por esta altura do ano inicamos a nossa votação para a Personalidade do ano 2011. Desta vez, vamos optar por um registo mais negativo tendo em conta os acontecimentos que marcaram 2011. Iremos distinguir aqueles que foram notícia e se destacaram mas pela negativa.

Os eleitos são os seguintes:

  • André Villas Boas
  • Pedro Passos Coelho
  • Steve Jobs
  • Rupert Murdoch
  • Primavera Árabe - revolução no Médio Oriente
  • Dominique Strauss-Kahn

Como sempre a votação decorre até ao ultimo dia do ano e o eleito ganhará um OLHAR DIREITO todo ele revestido em ouro.

Boa sorte aos participantes

6 comentários:

Anónimo disse...

acho um despropósito incluir nessa lista o nome de Steve Jobs. A não ser que seja a sua morte, realmente um facto lamentável.

Francisco Castelo Branco disse...

Pelo que fez durante a sua vida.
É uma espécie de homenagem!

Fernando Vasconcelos disse...

Bom na verdade o nome de Steve Jobs parece destoar dos restantes se me permites Francisco. Até mesmo Passos Coelho destoa um pouco ... idem para André Villas Boas ... e porquê a Primavera Árabe pela negativa? Não vejo assim grande coisas negativa nesta lista a não ser o Strauss-Kahn admitindo que é culpado (o que para ser sincero me deixa grandes dúvidas) já Murdoch enfim ... foi igual a ele próprio. Portanto em resumo Francisco se me permites vejo poucas coisas realmente negativas nesta lista e fico baralhado em como votar ... Se for para ser o pior do ano então teria de votar em Murdoch ... Se for para ser a maior decepção então não sei ... Mas com toda a certeza a minha maior decepção não está nessa lista. Acho que a chanceler alemã ganharia facilmente.

Francisco Castelo Branco disse...

Foi muito dificil fazer a lista este ano. Aliás tenho sempre de recorrer à votação da TIME para ir buscar nomes

o nome de Steve Jobs é uma pequena homenagem, sendo que o trabalho dele é fantástico mesmo estando doente, daí o nome

Murdoch e Strauss-Kahn foram noticia e tiveram envolvimento nos maiores escandalos do ano.

A Primavera Arabe pela positiva, claro!

Quanto aaos outros dois

Villas Boas teve um ano fantástico e pela sua competencia merece, já Passos Coelho depois de ter feito um camiho de luta conseguiu chegar a PM.

Anónimo disse...

Eu detesto listas, sejam elas quais forem... o melhor filme, o melhor livro, bla, bla bla ...

Esta então está odiável, se me permite a observação. Pôr Jobs ao lado de Strauss Kahan é um acto acintoso, leviano. Não há homens perfeitos mas Jobs está, mesmo morto que é, muitos patamares acima de Kahan. O povo vir para as praças e gritar nas orelhas de seus governantes e nas dos donos do mundo um "BASTA!", um "CHEGA!" é um acto negativo?

Das duas uma: ou eu não entendo o idioma português, ou esta lista é uma verdadeira merda, mal redigida, a merecer uma nota muito abaixo de ZEROOOO.

Mil perdões pela palavra merda, mas não achei outra melhor.

Francisco Castelo Branco disse...

e quem acha isso? já agora podemos saber..

é a lista possivel.

A lista dos melhores momentos OLHAR DIREITO será melhor.

mas este ano foi fraquinho em termos de grandes feitos

é strauss-kahn

Share Button