domingo, 25 de dezembro de 2011

Ceia de Natal

Hoje é dia de Natal. O dia 25 é especial para todos. A família reune-se, aqueles que já não se vêem há muito contam histórias, as crianças esperam e desesperam pelo abrir dos presentes. O ritual é o mesmo há quase 2011 anos e assim se manterá ad eterno até que a sociedade encontre outra forma de festejar esta quadra. Sim, porque mudam-se os tempos e também as cerimónias. A Ceia de natal hoje já não é a mesma que hà 10 anos atrás. Por força das circunstâncias e do evoluir da sociedade o significado do Natal vai-se alterando. Inevitavelmente, as conversas de hoje irão centrar-se naquilo que se passará no futuro. A crise, o Euro, a europa, a economia, a instabilidade social que se irá forçasamente sentir. Para uma ceia de natal, estes são temas tristes e pouco animadores, e na cabeça dos mais novos, vai um sentimento de desilusão porque há-de chegar o Natal em que não haverá um presente. Ninguém sabe como será no futuro, mas aos poucos o Natal vai mudando para muitas pessoas e tendo uma importância mínima. É apenas mais uma data para comemorar. Até o presépio e a arvore de Natal já deixaram de fazer parte da decoração da casa, porque hoje o Natal é vivido nas redes sociais. A história do Menino Jesus é contada pela net. Os desejos de bom natal são agora postados no facebook, e assim não distinguimos de quem gostamos ou não, pois até o simples anónimo nos dá o "feliz natal". Até o Pai Natal desapareceu por completo...alguém o viu este ano?

2 comentários:

Fatyly disse...

Este texto levou-me há 50 anos atrás onde o meu avô paterno dizia que o futuro seria negro, que tudo o que descreves no que toca a esta quadra iria desaparecer a breve prazo. Morreu e pouco anos depois, sim tinha razão e vivi no meio de uma guerra civil dantesca e calhou fazer parte dos sobreviventes e chego ao 60 anos, quase 61 respondo-te com um sorriso e olhos-nos-olhos:

Eu vi ontem o Pai Natal, porque foi ontem a noite mágica, no sorriso de todos os meus no sorriso ainda mais brilhante dos meus netos, mas antes vi no sorriso de dois casais bem mais velhos do que eu que moram sozinhos e sem ninguém, quando lhes fui levar um prato de sonhos de abóbora que fiz, um pacote de arroz, de massa, 2 lts de leite e duas postinhas de bacalhau já demolhado.
Vi o Pai Natal quando me lembrei que alguém daqui iria passar o 1ºNatal sem a companheira da sua vida, dói, dói muito e em pensamento dei-lhe um abraço para que tenha força!

Vi o Pai Natal quando cordealmente dois rapazes pediram-me um cigarro e dei quatro.
Vi o Pai Natal nos 14 que éramos, morreu o meu pai e durante anos passamos a 13, mas há 3 meses nasceu a minha neta e voltamos aos 14.
Para o ano não sei, porque não sei se amanhã acordarei e ainda farei parte dos vivos!
Vi o Pai Natal no abrir dos presentes do mais simples possível e das 3 que tive, uma eram duas laranjas tocadas e outra um par de pantufas a cairem de podres que há 15anos calham sempre a alguém:)
Vi o Pai Natal por não termos falado em crise, no ano que por aí vem, nos cortes, no desemprego etc. etc., porque conforme dizes "Ninguém sabe como será o futuro", mas nas gargalhadas de autênticos bagunceiros:)

Se o fazem nas redes sociais a culpa é vossa que alimentam e façam o caminho ao contrário e incutam o valor real da vida em quem por lá anda.

Mais, não te dei os meus votos de um bom Natal, porque aquele Feliz Navidad dali sinceramente...nem sei o que te dizer porque nem humor sonsegui encontrar.

Podemos e devemos fazer planos e lutar pelos sonhos para um futuro melhor, com muita luta e muita garra, porque nada é fácil e impossível de se ultrapassar excepto A MORTE que é de facto um dado adquirido que todos temos, mas felizmente sem nunca sabermos o dia D!

Hoje passei o dia sozinha, mas não menos feliz e com esperança e dever de incutir que temos de vencer um dia de cada vez e o de hoje já está quase.

Desejo a ti e a todos o que desejo para os meus e ainda tenho meia hora: Feliz Natal!

expressodalinha disse...

Toma que já levaste! Abraço para todos, sincero.

Share Button