sexta-feira, 18 de novembro de 2011

A justa coincidência

O caso Duarte Lima está a dar que falar no nosso país, principalmente pelos dois envolvimentos que o ex-lider parlamentar do PSD está a contas.
O momento e o tempo em que a sua detenção ocorreu levanta sérias dúvidas e pôe novamente em causa a justiça e a sua eficácia.
Tendo em conta que o advogado está envolvido num caso de homicio no Brasil, a sua detenção de ontem relacionado com o caso BPN pode gerar aqui uma série de suspeições.
É uma questão em que pode haver guerra entre os tribunais, advogados, governos de Portugal e d o Brasil.
Senão vejamos : do lado brasileiro já vieram dizer que Duarte Lima pode ser julgado pelo caso de Rosalina Pereira. Por cá a Ministra da Justiça veio referir que existe acordos de cooperação de extradição entre Portugal e Brasil. Hoje o advogado Rogério Alves referiu que se trata apenas de casos de terrorismo e criminalidade violenta.
Este caso vai ser um grande teste para a justiça portuguesa que vai ter de lidar com pressões de vários lados. E não estou só a falar de pressões nascidas cá em Portugal, mas sobretudo do outro lado do Atlântico que agora querem aproveitar esta detenção para julgar o crime homicidio pelo qual Duarte Lima está formalmente acusado.
A credibilidade da justiça joga-se muito neste caso e veremos como se comportam os seus agentes, a comunicação e o próprio poder político.
Para seguir com bastante atenção os próximos capítulos.

7 comentários:

expressodalinha disse...

Concordo com a lógica do PGR de não ter mega-processos. Parece que há 11 suspeitos de fraudes com o BPN. Cada um vai ser um processo.

Francisco Castelo Branco disse...

quer dizer que vem ai mais nomes hehehe

Fatyly disse...

e mais um que se vai arrastar pela justiça com os abençoados recursos, enchendo os bolsos de advogados (sempre as mesmas caras) e nada versus nada se consegue em prol dos buracos que nós estamos a pagar.

Os próximos capítulos serão de robalos e alheiras, quadros e loiças vendidas com um palecete à venda e umas quantas idas ao Brasil, outro com resort de Cabo Verde à mistura, o brilhantina ainda aguarda o abençoado recurso, da casa Pia nada se sabe.
De facto parece-me que um time do PSD estava mesmo fora de jogo...
Enquanto uns gozam...outros definham a olhos visto pelo desaparecimento do filho e 13 anos?????? depois é que se faz o que se deveria ter feito nas primeiras 48 horas!

balha-me deus e toda a santainhada!!!...e a pacóvia sou eu!

Fernando Vasconcelos disse...

Já agora uma pergunta Francisco. E acredita mesmo que se vá fazer justiça? Eu quero acreditar que sim mas confesso que a minha fé já foi maior.

Francisco Castelo Branco disse...

Caro Fernando não sei porque não conheço o processo.

Mas tenho a certeza que depois do recurso ele vem cá para fora.
E depois lança um livro

daga disse...

muito triste esta justiça humana :(
os ricos raramente (ou nunca) pagam (com a prisão) pelos seus crimes, mas ai daquele que roube uma laranja...
prefiro o koala de cima :)

Fernando Vasconcelos disse...

Pois Francisco é claro que não sabemos mas a verdade é que o que está subjacente ao que escrevemos - tanto eu como o Francisco - pelo menos deixa entender que dúvidas teremos ... A menos que se espere uma qualquer justiça literária :-)

Share Button