quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Factos da Década (20) : Explosão dos blogues

A década que passou foi sem dúvida marcada pela explosão dos blogues. Redes sociais onde cada um pode dar a sua opinião livre e independente. No total existem 12 milhões de blogues espalhados pelo mundo. É pouco quando comparado com os 140 milhões de tweets, mas já vai à frente do tradicional jornal, seja ele de papel ou edição online.

Os blogues começaram a aparecer e rapidamente ganharam enorme importância. Tanto a nível social como político, mas mais no ultimo. Em Portugal, nasceram inumeros blogues criados por pessoas anónimas mas nem só.

A partir de então, o debate político transferiu-se para a blogosfera e hoje é aqui que as "ideologias" germinam. No entanto, falta que a blogosfera produza soluções capaz de serem aceites e discutidas dentro dos parlamentos nacionais. Esse é o próximo passo dos blogues e daqueles que diariamente debitam a sua opinião numa folha de papel virtual.

A criação de grupos revela uma enorme vontade dos cidadãos participarem na vida política. Os anónimos passaram a importantes e estes tiveram que aceitar os outros.

Tudo por causa de um post.

3 comentários:

expressodalinha disse...

A democracia tem de se virtualizar. Os Parlamentos estão desactualizados. A net é um passo importante para a democracia directa.

Fatyly disse...

Quando isso acontecer já não devo estar por aqui!

Fatyly disse...

porque na maioria dos blogues e este não foge à regra (desculpa) mais parece as repartições públicas e ou o Portal do Governo...onde depositamos a opinião ou pedimos esclarecimentos num e-mail e ninguém responde, porque a tecla do delete é a mais aplicada!

Acho que todas as opiniões devem ser respeitadas - menos as pautadas por falta de educação e debaixo do anonimato - (no meu apago) e tudo merece uma resposta porque adoro ler e ouvir debates com mais intervenientes.

Se não gostarem da minha presença...eu saio conforme entrei, porque antes de entrar num blogue leio de fio a pavio para apanhar o fio à meada:) e jamais faço cobranças como vejo em muitos...de numa se não vão ao meu eu também não vou aos deles!

Share Button