quarta-feira, 23 de novembro de 2011

E qual é a alternativa? 5º acto

É verdade que aquilo que está escrito na primeira parte do post anterior é uma realidade a que não podemos fugir. E que está presente na nossa democracia, mas mais do que isso na sociedade de hoje. Na minha óptica não se trata de um problema unica e exclusivamente do sistema democrático ou de um qualquer outro sistema. Mas sim de pessoas e atitudes.

Por vezes as pessoas revoltam-se contra o "sistema" e acham que o problema é unica e exlcusivamente dos políticos e dessa classe. Convêm ter noção que corrupção, tráfico de influências, abuso de poder e outras situações menos claras acontece em todo o tipo de actividade. O povo está farto não do sistema político mas desta sociedade com cada vez menos valores, mas a verdade é que aquele que protesta e grita não apresenta alternativas nem sequer se dá ao trabalho de fazer ouvir a sua voz. Apenas se indigna, nada mais. Nós que andamos na blogosfera mais rápido chegamos a uma solução e a um caminho. Daí que eu ache que a forma mais razoável de mudar o que está mal é apresentar alternativas válidas e eficazes.

Estamos na véspera de mais uma greve geral. É a segunda no espaço do mesmo ano. Amanhâ o país vai parar porque a troika nos está a ajudar a sair da bancarrota, com amizade e carinho estão a emprestar dinheiro para que todos nós possamos ter um vida melhor. Mas não, quando estamos a ser ajudados lá vai mais uma greve geral porque o governo está a tentar meter tudo na ordem. Sim, porque o que era bom era ter dívidas e mais dívidas e viver tudo à grande.

Mas infelizmente esta é a nossa mentalidade. E isso é que tem de mudar.

17 comentários:

expressodalinha disse...

Eu estou a falar de uma crise de valores mundial. E não são as pessoas que se revoltam contra o sistema. O sistema é que se revoltou contra as pessoas.

Francisco Castelo Branco disse...

como assim?

Francisco Castelo Branco disse...

essa crise de valores tambem advêm das pessoas

Fatyly disse...

FCB
lá estás tu, e desde já peço-te desculpa pela expressão e não tem nada a ver com a cor política, a defender a galinha dos ovos de ouro.
Claro que há crise de valores e como diz expresso da linha "é mundial e o sistema é que se revoltou contra as pessoas", e por mais que digas que não apresentamos alternativas eu volto a repetir como e quando se nenhum político se digna a descer do seu pedestal e arranjar forma de ouvir o povo? Caramba...quando é que todos os parlamentares despem a camisola da hipócrisia/do venha a nós o vosso reino, se juntam e começam a remar para o mesmo lado em vez de só pensarem em defender o tacho?
"Viver tudo à grande?" pois... havia muitos e ainda há muitos o amigo, do amigo, do amigo do Sr. fulano de tal, mas a maioria da qual faço parte, digo-te que NÃO!

Olha a notícia de hoje: Corte nas reformas também afeta Cavaco Silva (SAPO)
coitado deste senhor, a minha cara de preocupada...por ironia e só ironia, a crise de valores que referes começou e ou agravou-se precisamente quando ele foi 1º ministro? É com noticias destas que nos conformamos ou mudamos de mentalidade, quando eu sei que as várias reformas que ele tem e uma delas nem sequer pôs o pé nas instalações porque era 1º. ministro? Em contrapartida quem andou 40/45 anos a malhar no duro recebe 300 euros???? Dormirá tranquilo com o que fez? Que dirá ele aos netos? Pois...estão salvaguardados de tudo e de todos!


E onde está a "amizade e carinho" por parte da TROIKA? Tu deves a andar a ver filmes do "faz de conta", possa minha nossa...alguma vez emprestam sem contrapartidas?

Os governos versos sistema é para servir o povo, porque é o povo que lhes paga...mas a crise de valores morais, educacionais e outros ais estão em bandejas de ouro ou na gaveta do esquecimento!

A greve geral uma vez mais, vai ser "inflacionada" porque a CGTP senhora e dona de todos os transportes públicos...e sem alternativas e aqui culpo o ministério...obrigam a que muitos que não querem aderir (porque hoje um centimo faz falta) fiquem apeados e com o ordenado reduzido!E com isto aparece outro "boneco" (não digo o adjectivo exacto para não faltar ao respeito a ti e a quem vem aqui) Mário Soares vem agora pôr-se à frente da greve geral de amanhã estando do lado do povo, quando num passado recente fez o que fez e tem as suas contas bancárias bem recheadas? Humm deve ser apenas para manterem a sua fundação... Eh pá...tirem-me deste filme pf!

Isto é democracia, demagogia, hipócrisia ou loucura total???

Já agora, Dr.FCB se me permite..."interponho um recurso":

apresentação das alternativas que tens...para além das que já escreveste (mais ou menos isto):

- aceitar de bom grado o actual governo que tudo está a fazer (não importa como) para dar um rumo ao país

- e que quem refila (eu aqui devo estar no 10 de uma escala de 1 a 5) ou se manifesta não apresenta alternativas válidas e eficazes!

- e que temos que mudar de mentalidade. (para cima ou para baixo, para a esquerda ou para a direita? eu estou no centro e felizmente ainda sei o que digo:))

Aguardo o despacho para ler um 6º acto ou com a "recusa" e ou eventual medida de coacção!

Saio daqui a rir, porque também sei rir de mim própria...caso contrário já teria dado em doida!

Francisco Castelo Branco disse...

até parece que o PR e os políticos no nosso país ganham muito....

Fatyly disse...

Assim eu acertasse no euromilhões porque estava mesmo à espera dessa resposta...até parece? Já que nos comparam tanto com os outros países vai lá ver o que os outros ganham!

Nota, eu jamais sou contra o que ganham...o que eu sou contra é que numa reforma de 600€ ou num ordenado de 500€ ou até 1.500€/2.000€ (estes já considerado como ricos) qualquer corte para além dos impostos já aplicados é DURO, ao passo que nos ordenados do PR e políticos além do valor do ordenado é acrescido tudo "casa, roupa, mesa e cama lavada, carro e segurança, amas para os filhos e colégios à borlix etc e tal", e muito mais que não se sabe...então sinceramente não percebo a tua visão quer política, quer pessoal.

Nesta hora de aperto...muitos deveriam ter vergonha na cara e abdicar de algumas coisas...como dois ou três já o fizeram!

e nem vislumbro o que farias se fosses PR ou do governo...

Anónimo disse...

Meus amigos
As democracias europeias, todas ou quase todas estão eivadas à partida de um defeito. É o de não reconhecerem que o sistema democrático é caro!.... Tentou-se copiar o modelo americano esquecendo que a economia americana é um monstro poderosíssimo e que tolera desmandos dos seus operadores. As nossas democracias são e foram um arremedo da democracia plena. Como não existia o poder económico recorreu-se desenfriadamente ao crédito para produzir obra e, com tal conseguir votos e clientelas! Uma nota extra e não menos importante. Nos USA os políticos são homens ou mulheres que fizeram carreira e fortuna no privado e, vão para a política com o intuíto de servir a causa publica e não de se servir da mesma, não são oriundos das " juventudes deste ou daqueles partidos" embora muitas vezes emanem de famílias poderosas quase dinásticas. Obama e Bill Clinton foram excepções .

DCS ( retired ATP)

expressodalinha disse...

DSC: os USA não são grande exemplo. O modelo está todo falhado. O pior é que nos devíamos indignar primeiro connosco próprios. E nisso concordo com o Francisco.

Anónimo disse...

Expresso
O terceiro parágrafo do seu comentário diz tudo mas......o efeito " carneirada " é humano e como saír dele? Eis a questão ?..... O sionismo sugeriu e experimentou os Kibutzs ....que também não funcionou !

Sobre o sistema dos " gringos ", do mal o menos. Creio eu neste ponto do campeonato!

Abraço.

DCS ( retired ATP)... Teria sido melhor ser advogado? Não sei.

Francisco Castelo Branco disse...

cara fatyly, essas mordomias ou mariquices são comuns em todo o lado.

E faz parte. Acho que um PR e PM merecem ser tratados convenientemente.
e muito dessa lista é invenção.

Se eu fosse PR ou PM manteria o meu salário normal. Talvez fosse viver para Sao Bento ou Belem. Não sei.

As pessoas não protestam contra os salários dos politicos, que em Portugal são uma miséria. Estão contra sim o sistema politico.

Francisco Castelo Branco disse...

DCS

o que eu acho é que neste país está instalado a descrença. Que isto vai ser sempre assim!! Que não há ninguém que mude isto.
Apesar de ser laranja, acho que PPC está a mudar alguma coisa. Lentamente mas está

Francisco Castelo Branco disse...

O caso dos EUA é paradigmático onde qualquer um pode receber dinheiro para a sua campanha.
Mas cá já seria um escandalo

Que tal "liberalizar" os lobbys? Era melhor em vez de andarmos todos ás escuras ....

Anónimo disse...

FCB
Os lobby's são parte integrante das democracias. E melhor se forem claros e legalizados! Em Portugal eles existem " underground", têm as raízes dentro dos partidos, dos mesmos partidos que os criticam! Só não vê quem não quer ver.Nos USA tudo é claro, dos grupos de interesse ao cidadão comum. Há contudo limite para donativos às campanhas. Agora vou talvez escandalizar alguém ao dizer que os políticos portugueses estão ou são mal pagos e, também não concordo com o impedimento da acumulação das reformas com o de qualquer cargo político , isso afasta alguém ou alguns bem intencionados que não estão para perder proventos! ....O que há mudar? Para começar reduzir o estado no seu todo. O estado não pode ser o maior empregador do país. Bem ao contrário . O estado não pode nem deve ser o inimigo número um de quem produz. Do estado necessitamos que providencie segurança interna e externa, infraestruturas,educação e que cuide dos desafortunados da vida e nada mais! O resto é responsabilidade do cidadão e da sociedade civil.
Chegamos ao caos actual porque criamos um sistema social "à europeia ", nem socialista nem capitalista, um híbrido eivado dos defeitos de ambos, despesista e pouco produtivo! Podemos não gostar, habituados que estamos a olhar o estado como o pai rico de " menino bem " acabou-se meu amigos, o pai rico não o era e empenhou-nos até os louros da família .

DCS ( retired ATP)

expressodalinha disse...

Atenção aos "homens da mala". Ainda recentemente tivémos um PM que andava de mala a receber os subsídios para os partidos. A comissão é de, pelo menos 60%! Por isso os lobbies continuam na sombra e os partidos não se querem renovar (só se fossem parvos). Esta crise tem o aspecto positivo de todas estas coisas virem a lume. Cabe a nós agir, de preferência bem.

Fatyly disse...

DCS e FCB

Já escrevi que não me escandaliza o que os políticos ganham, e se deviam ganhar mais? Se merecerem porque não? O que eu acho é que de facto o "estado não pode ser o maior empregador do país" e numa engorda chegou onde chegou...mas foi o que ocorreu ao longo destes anos e por quem? pelos que agora apregoam o inverso depois de estarem bem sentados e acomodados e pior ainda nas gestões das empresas públicas ou público-privadas (aqui poderia dizer muita coisa)muitos não "pela competência, mas pela cor do partido", o que não ocorre no privado - és bom ficas, não és...fora!

Também já disse que não votei PSD, nem CDS e muito menos PS ...mas ainda mantenho o meu voto de confiança no actual de PPC e só espero que de uma vez por todas sejam transparentes no que dizem e no que fazem e deveriam unir ideias e não se limitarem apenas às ideias do seu partido sem sairem da linha mesmo que estejam contra.

e DCS

"Do estado necessitamos que providencie segurança interna e externa, infraestruturas,educação e que cuide dos desafortunados da vida e nada mais! O resto é responsabilidade do cidadão e da sociedade civil."

Pois necessitamos há muitos e muitos anos...mas não temos, e como cidadã tenho feito muito até onde os meus braços chegam e lutar contra o "tal pai rico" que já tem barbas e não esperar dele o quer que seja! Empenhou-nos?...só podia

e dou muitas vezes este exemplo:

- há uma avaria da rede pública de abastecimento de água. Litros e litros rua abaixo - telefona-se - música e mais música e ao fim de umas horas lá consigo que venham ver. Espanto! 8 homens: um levanta a tampa, o mais credenciado espreita, dá ordens, assenta-se no carro, fala ao telemóvel, depois todos espreitam, fumam o seu cigarro, riem, vão ao café mais próximo e a muito custo lá começam a descarregar o material necessário...a água a correr... e com ela milhares de euros por algo que a meu ver bastavam dois "eficazes" e assunto resolvido.

Calada não fico e ...faço o que sempre fiz...porque

Juntando "todos estes pequenos nadas" é que o Estado chegou onde chegou e em vez de agirem com coragem e desmantelar o que se instalou por culpa partidária...vão sempre pela via mais fácil!!!

Vamos ver e quero é ter acesso ao memorando da TROIKA e ao OE2012, que vai sendo alterado conforme "soa o bongo"!

Francisco Castelo Branco disse...

~2O estado não pode ser o maior empregador do país" - esta frase reflecte o porque de estarmos em crise

expressodalinha disse...

Se a economia não arranca, o Estado é o maior empregador. Se o Estado não deixa a economia arrancar, o Estado ´o maior empregador. Se o Estado carraga nos impostos e tira subsídios, a economia não arranca. Ao ponto a que isto chegou! E é um país pequeno. Imaginem a crise na Alemanha ou Reino Unido (ah, já se fala na China com problemas dentro de poucos anos).

Share Button