Etiquetas

terça-feira, 22 de novembro de 2011

DUELOS INTELECTUAIS - O POVO ESTÁ FARTO (4ªACTO)

Os povos andam a ser jogados na roda do casino por grandes interesses financeiros  sem qualquer controle internacional. As crises do capitalismo vão afundar o próprio modelo. Os mercados são insaciáveis. Olham para a dívida soberana dos Estados como um mero valor bolsista.  Os países são meras fichas de aposta no tabuleiro da globalização. As ditaduras roubam. As democracias também. Tanto faz à direita como à esquerda. Tanto faz qualquer coisa. Venderam-nos condições que não se podem manter. Um Ocidente perdido em angústia existencial. Uma explosão geral que se adivinha.  É neste quadro que se assiste à "indignação social". As pessoas estão fartas de ser afastadas das decisões. De serem meros espectadores. De serem manipuladas. De servirem para legalizar o roubo. De terem representantes frouxos e corruptos. As pessoas estão saturadas de promessas. Fartas dos partidos. Dos políticos. As pessoas estão fartas! Podem não saber o querem, não saber o que fazer, como fazer..., mas sabem que o caminho não pode ser este. Este é o caminho da total exaustão. Da rendição aos grandes e obscuros interesses. Da falta de visão dos pobres políticos que temos. Este é o caminho que acabará na indigência geral. Todos sabemos que não é este o caminho. Todos nos indignamos. Porém, só alguns saem à rua. Podem parecer seres exóticos, vagamente anarcas, um pouco lunáticos. Mas eles querem o que nós queremos: alterar o modelo político e social. Ter condições dignas de vida. Ter futuro. Eles são uma vanguarda. A questão é que a muitas pessoas estão a passar mal, mas acreditam que tem de ser assim. Resignam-se.  Eles não. A "indignação social" é o partido do futuro. E o futuro é uma incógnita. Um dia estaremos lá.
Jorge Pinheiro

3 comentários:

Fatyly disse...

Tal e qual e subscrevo por baixo...mas "Um dia estaremos lá", espero que eu já não esteja porque estou cansada de lutar por não me conformar com tudo que nos é imposto...a via mais fácil de obter resultados para colmatar "crimes políticos".

Obrigado Jorge Pinheiro por teres sido tão acertivo e como já imprimi os três actos, este será para mim o último e dar a ler...com quem falo e partilho ideias!

Fatyly disse...

ahh e respeitando os direitos autorais como sempre fiz ao longo dos anos que ando por aqui!

expressodalinha disse...

Tudo bem. Obrigado pela divulgação.

Share Button