Etiquetas

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Fernandinha, a púdica

Hoje, fazendo a habitual revista de imprensa, deparei-me com a crónica de Fernanda Câncio no DN intitulada "Filhos da puta olé". Basicamente, Fernanda Câncio, tal alma carregada de pudor, tenta extrair das eleições da Madeira um caso digno de escândalo: a caravana da JSD/Madeira, onde estava o seu presidente, eleito deputado, atirou very lights contra o Dn Madeira e cantou "filhos da puta olé".Isto é grave! Dano: meia dúzia de euros. Ilações: uns putos atiraram umas coisas e disseram umas palavras que até o Supremo Tribunal, em acórdão, considera normais. Vamos ao que interessa. Fernandinha (permite-me), onde andavas quando o José (Sócrates, que foi teu namorado e líder do PS, lembras-te, chegou a ser primeiro ministro) ia às inaugurações e os apoiantes do PS, empunhando bandeiras, agrediam os contestatários? Diz-me, onde andaste durante todo este tempo em que o José vilipendiou o dinheiro dos portugueses? Onde andavas quando o José, e o seu amigo Vara, congeminavam alegremente em escutas telefónicas que, segundo o juíz de Aveiro, indiciavam a prática de crimes contra o Estado? Onde andavas quando o José mandava a policia às sedes dos sindicatos? Onde andas agora que se soube que o José só a segunda, e com cunha, entrou na Universidade em Paris? Estavas naqueles retiros espirituais? Fernanda, agora que te contei estas coisas estás chocada? Aposto que sim!!!!!!! Olha, começa a escrever os textos que dos títulos trato eu. Não sabes as ideias que tenho.

2 comentários:

expressodalinha disse...

O texto está muito bom. Não sei se a senhora merece tanto...

Fatyly disse...

subscrevo o comentário de expressodalinha!

Share Button