Etiquetas

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

10.1 - A Batalha de Alcacer Quibir

Continuando na saga sebastianista, a Batalha de Alcácer Quibir foi o ponto máximo da vida do rei mais jovem da história de Portugal.
Para combater o grande exército liderado pelo Sultão de Marrocos Mulei Moluco que tinha apoio otomano, o sultão Mulay Mohammed pediu ajuda ao Rei D.Sebastião.
Perante este pedido, o rei português não podia dizer que não e face à sua veia aventurosa partiu de imediato para Marrocos, levando consigo infantaria portuguesa mas também de Castela. De Espanha vieram 2.000 voluntários e da Alemanha e Flandres 3.000 mercenários.
O Rei partiu de Lisboa a 25 de Junho de 1578 e passou por Tânger, Arzila e Larache.
Nesta aventura foi Cristovão de Távora quem comandava o exército português, ajudado por Vasco da Silveira e Francisco de Távora.
A batalha durou cerca de 4 horas e terminou com a derrota dos exércitos de D. Sebastião e do sultão Mulay Mohammed. Foram 9000 os mortos e 16.000 os prisioneiros feitos pelo Mulei Moluco. Entre os prisioneiros estava D.António Prior do Crato.
Mohammed II Saadi que se aliou aos portugueses ainda tentou fugir aos opositores mas acabou afogado no rio, tal como o Sultão Al-Malik.
Quanto a D.Sebastião, recusou-se render e lutou até ao fim, tendo as suas ultimas palavras sido "Morrer sim, mas devagar".
Com a morte de D.Sebastião, a sucessão estava mais uma vez em discussão e vários foram os pretendentes ao lugar.
Começava aqui a ascendência dos Filipes ao trono de Portugal.

(continua dia 31 Outubro....)

3 comentários:

expressodalinha disse...

Em Marrocos é conhecida por Batalha dos Três Reis.

Francisco Castelo Branco disse...

é vdd, esqueci-me desse facto importante

Fatyly disse...

e outro facto igualmente importante, o brutal empobrecimento do reino pelos resgates que foi preciso pagar para reaver os prisioneiros.

Já nessa altura empobrecemos DANDO resgates e agora na actual conjuntura empobrecemos PEDINDO resgates lol

Desculpa a brincadeira mas a nossa história é brilhante e daqui a 100 anos gostaria de ler como irão "dourar a pílula actual" em termos históricos!

Share Button