Etiquetas

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Free Lybia?

Tendo em conta as notícias de hoje, tudo indica que o fim do regime de Kadafi está perto, mas todos ficaram conscientes que com a entrada na capital Tripoli a situação do actual Presidente ficou definitivamente arrumada.
Nesta guerra que dura há meses, são duas as questões que se colocam : A primeira é saber o que vai acontecer com o Coronel. Sendo um guerrilheiro, Kadafi vai lutar até à morte e nunca vai fugir do seu país. Também duvido que se deixe julgar. Era uma desonra para ele, até porque não vai querer acabar como os seus amigos Ben Ali e Mubarak.
Outra questão que se coloca é a legitimidade deste Conselho Nacional de Transição.
O derrube dos regimes tunisinos e egipcios foram efectuadas pela vontade do povo. A situação na Libia é bastante diferente, porque hà revolução popular sucedeu uma revolução armada que estava escondida e organizada à espera do primeiro sinal de descontentamento do povo para recuperar um lugar que Kadafi havia roubado. E com a ajuda da Nato também........
O Ocidente nunca devia ter apoiado uma revolução armada. Apenas devia dar o seu suporte ao descontentamento popular.
Agora o que se prepara para nascer na Libia é um conflito entre etnias que pode não ter fim à vista....

5 comentários:

daga disse...

infelizmente o Ocidente (principalmente os EUA) não reflecte bem sobre os seus apoios... veja-se o apoio à revolução cubana..

Francisco Castelo Branco disse...

não foram só os EUA que apoiaram os rebeldes. É bom recordar isso..

França, Turquia, Russia etc etc

Fatyly disse...

Sinceramente não sei...porque de facto a coisa tá preta!

expressodalinha disse...

Sim, sim. Neste caso a Europa (com exce~ções, porque não política externa da UE!)tb se enterrou na Líbia.

Francisco Castelo Branco disse...

Acho que é um erro apoiar esta revoluçao

Share Button