quinta-feira, 4 de agosto de 2011

112 - chamadas laranjas

Pensava que era por causa do Verão, mas não. O grupo parlamentar do PSD decidiu brincar aos serviços públicos e fazer uma chamada falsa para o INEM a fim de saber quanto tempo demorava a resposta.
O Presidente do INEM foi chamado ao Parlamento para responder por um relatório do tribunal de contas mas acabou por ter de falar sobre esses mesmo 14 segundos...... Diz o Presidente do INEM que é a polícia que transfere a chamada 112 para o INEM. Qualquer cidadão normal e bem informado sabe que o 112 tem como destinatário a polícia que depois localiza os serviços pedidos.....

Pior de tudo nesta história é a chamada falsa. Lembro que quando era mais novo gostava de brincar aos telefonemas anónimos.... Não sei quem teve esta triste ideia de "brincar" aos doentes mas quem executou esta acção devia ter pensado duas vezes e pelo que sabemos, trata-se de uma deputada recentemente eleita.

O que se passou neste caso revela aquilo que tenho defendido : o parlamento deve ser constituido por pessoas experientes que tenham tido uma vida profissional e política de êxito e sucesso. Mas para mim basta a experiência. Apesar de ser positivo ter jovens no Parlamento é necessário que haja critério e curriculo na escolha dos deputados para representarem os cidadãos, porque muitos esquecem-se que quando estão lá dentro não é a voz deles que está em causa mas sim a das pessoas.

A deputada em questão nem sequer se lembrou que fazer uma chamada falsa é considerado crime, pondo em risco os serviços do INEM que são necessários para ajudar aqueles que estão verdadeiramente em perigo. Ora, se por acaso alguém não tivesse tido ajuda por causa desta brincadeira, como seria?

Haveria outras formas mais inteligentes de chamar a atenção para o problema e não era preciso recorrer a este tipo de artimanhas para colocar em causa um serviço que por acaso até funciona bem.

7 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Como tinha prometido, aqui estou eu a visitar, Francisco.
E gostei.
Muito mesmo.
Acho que vou ficar.
Inteiramente de acordo.
Aquela chamada é de uma irresponsabilidade impressionante!!

Francisco Castelo Branco disse...

Obrigado Pedro.

E que deverá acontecer á deputada?

Gabriela disse...

Parece que problemas con los parlamentos existen en todos los países. Si te contara cómo es en el Perú... mejor no.

Francisco Castelo Branco disse...

pero cuenta un pouquito...

Fatyly disse...

FCB
vou deixar aqui a mesma resposta que dei noutro blogue, com algo mais:

Quando li esta notícia pensei...falsa? como assim? Falsa seria ligarem, falarem, fazerem o registo etc. ou seja chamarem como muitas vezes chamam e ser de facto falsa. Muita coisa tem que ser testada-fiscalizada, vistoriada neste país
e a deputada fez, talvez se o tivesse feito nos corredores do parlamento não seria tão empolgado!

Com tantas infracções, blá, blá...isto é crime? Aonde? Há de facto muitas "falsas" e a PSP-CODU-INEM-BOMBEIROS nunca divulgaram os números e que eu saiba ninguém foi apanhado, incomodado ou até julgado por o ter feito!

Bolas...que país da treta que de uma "caganita de pássaro fazem um c*** de cão".

Ricardo Fernández disse...

Muchas gracias por la visita a mi blog "Memoria Masónica". Un saludo desde España.

Francisco Castelo Branco disse...

é falsa porque ligaram e nada tinha acontecido.

Share Button