segunda-feira, 27 de junho de 2011

Figuras da Década (17): Hugo Chavez

Numa altura em que o carismático Presidente Venezuelano está entre a vida e a morte, nada melhor que recordar um dos políticos mais influentes da última década, especialmente na América Latina. A sua presidência fica ligada por traços de absolutismo mas também de alguns actos mais sociais. Foi sempe um Presidente atento daquilo que se passava no Mundo e não ficou fechado no seu país. Coube ao Rei Juan Carlos a dificil missão de o conseguir calar. O famoso "Porque non te callas?", correu Mundo e teve direito a brincadeira por parte do ditador/Presidente venezuelano. Foi um grande amigo de Portugal e em especial de Socrates, tendo levado para o seu país o famigerado computador "Magalhães". Foi um sucesso. O seu mandato fica marcado pela tentativa de em 2007 ter tentado alterar a Constituição de forma a que não haja limitação de mandatos na Presidência. O sonho de Chavez morrer na cadeira presidencial e assim se tornar um heroi, como Guevara ou Fidel; ficou para a história. Ele é visto com uma potencial ameaça para o Ocidente mas ninguém dispensa a sua boa disposição sul americana.

3 comentários:

Fatyly disse...

Pode ser muito simpátio, bem disposto...mas para mim é um ditador e que vá para o raio que o parta.

João Menéres disse...

Apoio a FATYLY !!!

daga disse...

também estou de acordo!! e por favor NÂO juntar na mesma frase o Fidel, este senhor e o Che!

Share Button