Etiquetas

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Causas & Coisas : bajulamento

A arte começa desde pequenino. Quer ser o favorito dos paizinhos, ignorando por completo a existência dos outros irmãos. A atenção parental tem estar toda em cima dele/a, bem como da restante família. Normalmente são os avós os responsáveis pelo segundo mimo.

Na escola, é o preferido do professor. Senta-se à frente, faz sempre os trabalhos de casa e por norma costuma colocar perguntas estúpidas. Não brinca com os colegas e muito menos se atira ás meninas. É o perfeito nerd.

Chegado o tempo da faculdade, o que ele quer é tirar 20 a tudo. Mesmo que isso implique, passar à frente dos seus colegas. Continua sentado à frente, mesmo que a turma seja composta por 200 alunos. Nessa altura já usa oculos, pois o esforço para bajular valeu-lhe muita energia. Trata o professor por "Senhor" e continua a fazer questões, no mínimo, desinteressantes. Não dá apontamentos a ninguém mas também ninguem lhe dá nada. O fracasso da nota vale-lhe uma semana fechado a tomar antidepressivos.

Quando entra no Mundo do trabalho, o bajulador só tem uma unica coisa em mente : chegar ao topo o mais depressa possível e fazendo tudo por tudo para alcançar a pirâmide. Amigo dos colegas de trabalho pela frente, mas um verdadeiro animal por trás das costas. Aparenta sempre um ar limpo e cuidado, mas no fundo é um porco. Sempre de sorrisinho para o chefe, mas sonha um dia substitui-lo. Se não houver espaço para ele na "direcção", procura os mesmos hábitos noutros lugares, mas sem sucesso.

Convidado por um amigo para integrar um lugar de relevância pública, normalmente deputado ou Ministro do bajulamento; o nosso personagem que acompanhamos desde criança, é o braço direito do Primeiro. O seu grande confidente e aquele que está sempre presente nos momentos maus de quem comanda e é alvo de todas as iras populares.

Quando vê que as coisas estão a correr mal, aconselha o Primeiro a desistir e a demitir-se. Mostra que a situação não está boa para o seu Mestre e que apenas existe uma unica alternativa. A da saída.

Dias depois, apresenta a sua candidatura para substituir o seu amigo de escola, companheiro de carteira de faculdade, colega de gabinete e mais tarde Primeiro-Ministro de uma coisa qualquer.

15 comentários:

Fatyly disse...

E se olhares bem para esses "bajuladores" num percurso que descreves tão bem, tudo girando apenas em torno do seu umbigo tem que haver os "bajulados", mas se derem com quem não o seja...a história é bem diferente e caem por terra onde muitos se afundam no lodo.

Não sei o que significa "nerd", serão os famosos "queques"?

Lidei com alguns e algumas e hoje vejo isso em muitas personagens...e acredita que quem sacaneia sairá ainda mais sacaniado e quem cria e educa os famosos "queques" com pés de barro ou m***, a factura a pagar ainda é maior.

Falta referir algo com que me deparei ao longo da minha vida: "Chegado o tempo da faculdade, etc, etc." quer que logo no 1º ano apareça em toda a documentação o famoso DR.

Subscrevo e como mãe/pai e avó não eduquei e alimentei "queques" mas mais "pastilhas elásticas" com poder de encaixe e elasticidade para combaterem quem os pisa e os sacaneia!

Não bajulo ninguém, mas digo que gosto imenso de vir aqui e ler. Parabéns!

Francisco Castelo Branco disse...

ahahah, estás a bajular.....

Francisco Castelo Branco disse...

P.S - No post do Marinho Pinto, há la respostas aos teus comentarios

daga disse...

o bajulamento é realmente uma atitude muito negativa e repelente :p, no entanto, há quem viva assim, com diz, e se dê bem...
tristes os bajuladores e os que se deixam bajular ;)

Francisco Castelo Branco disse...

são mais os bajuladores do que os bajulados

até porque os ultimos podem não perceber a intenção dos primeiros

Anónimo disse...

Fatylyty,

Nerd significa tótó

Zé Manel

Anónimo disse...

Fatylyty,

Nerd significa tótó

Zé Manel

Fatyly disse...

FCB
eu a bajular? querias, mas é arte que me mete nojooooo!!!

No Marinho PInto? vou já lá ver:)

Zé Manel
Obrigado, pois incluo os "tótós" nos "queques!.

Anónimo disse...

Fatyly
"Nerd" é mais usado para descrever um aluno aplicado do que no sentido depriciativo!...é um daqueles sujeitos para quem a escola é tudo!

DCS (retired ATP)

Francisco Castelo Branco disse...

DCS

disse tudo

Fatyly disse...

DCS
Ai, ai mudam-se os tempos, mudam-se os termos e por vezes fico à nora e dos "famosos queques aos tótós aplicados, julgo que a diferença é mínima!"
A meu ver e se é essa a vossa interpretação o "nerd" do texto foi aplicado "no sentido depriciativo", porque há alunos aplicados, mas muito aplicados e jamais bajuladores, mas os colegas motivados por "dores de cotovelo, ou por ser bonzão ou boazona, noitadas etc e tal" se desviam dos estudos e atiram para cima deles o trabalho que deveria ser de grupo e a nota final é dado aos 3/4quando afinal foi feito apenas pelo "nerd"! (Não sei se no de Direito isso acontece, mas no da minha filha, era uma constante)

Obrigado e já aprendi mais alguma coisa.

Agora vou cumprir o SOS avó:)

Anónimo disse...

Fatyly
Tambem sou avô.... de um " nerd" mas não bajulador.
Abraço

DCS ( retired ATP)

Francisco Castelo Branco disse...

Nerd no sentido de ser tudo aprumadinho, mas sim bajulador sim

Fatyly disse...

DCS
Ufaaaaaaaaa oh pá já tens um neto nerd mas não bajulador e já tinha pensado com os meus botões...onde me vim meter, já fugi dos advogados, na altura todos mais ou menos da minha idade 30/40 anos e agora que estou velha, e que quero aprender todos os dias sobretudo numa área que adoro - Justiça, vim parar a um blog de jovens advogados? Outra vez?
Afinal já me sinto mais acompanhada:):) e ser avô é duro hehhehe e eu sou avó 4 vezes das netas porque os pais do meu genro e o meu ex-marido já faleceram, ao invés da outra filha da qual tenho um neto e outra vem a caminho, mas tem uns sogros fabulosos e simples como eu! E quem faz bem aos nossos filhos adoçam-nos a boca!

Um abração

expressodalinha disse...

E revela enorme falta de inteligência.

Share Button