Etiquetas

domingo, 24 de abril de 2011

Olhar a Semana - Judas Iscariote

É tradição na maioria das terras lusas, especialmente no Norte de Portugal; que no Sábado de Aleluia se proceda à queima de Judas Iscariote.
Este costuma ser uma personagem que traiu os seus durante o ano corrente. Normalmente este auto-de-fé é acompanhado de um testamento em que se recordam as asneiradas e traições do condenado.
Trata-se de uma condenação na Praça Publica, feita exclusivamente pelo Povo sem recorrer à justiça material; tal como se fazia antigamente. Aqui não há lugar a presunção de inocência. O povo condena, o réu é condenado e queimado e no fim todos batem palmas como que por alívio por se terem livrado de um traidor.
E no ano seguinte os mesmos voltam à Praça principal para assistir a mais uma condenação.
Os anos passam mas as tradições neste Portugal mais profundo continuam. É de salutar que apesar do desenvolvimento das cidades, as terras mais humildes prosseguem as suas vontades.
Este foi a queima do Judas em Ponte de Lima, conseguem adivinhar quem foi condenado?

2 comentários:

daga disse...

será o Sócrates? pela foto não dá para ver...

Francisco Castelo Branco disse...

é mesmo.

a pessoa mais odiada do pais

Share Button