sexta-feira, 15 de abril de 2011

Assembleia de Pinguins - Todos choram a morte XLV

(...)

Transtornados, os pinguins não queriam acreditar : Luisim estava desfeito, parecia que tinha levado com pedradas.

- Luisim está morto! Vejam! - gritou um dos Penguzan que foi assistir à morte da Orca mas que não contava com esta novidade.

Todos acorreram ao local, inclusive o Mestre Zéguim. Nem queriam acreditar naquilo que estavam a assistir. Fizeram uma roda à volta do corpo. Apenas restava o olho esquerdo, mas felizmente estava aberto. Foi o seu ultimo olhar.

Zéguim aproximou.se do corpo e meteu-o nos braços. Era impressionante a frieza com que o Mestre reagiu à situação.

- Agora é necessário fazer um funeral digno a este herói que arriscou a vida para nos salvar.

Com tudo isto, ninguém se lembrou que a Orca já estava morta. Só a morsa que se entretinha com os restos da baleia. Quando soubesse da notícia, Antalya iria ficar de rastos, pois tinha sido Luisim o responsável pela sua vinda para a Ilha Minguim. E também por a ter retirado do buraco em que se havia enfiado. Devia parte da sua vida ao pequeno Pinguim.

Quem estava desolado era Dioguim. Este sentia-se o irmão mais velho de Luisim e sempre o tratara como um irmão mais novo. As suas lágrimas não podiam ser contidas. Perdera um amigo para sempre.

Toda a comunidade sentiu esta morte, porque Luisim era especial e todos gostavam muito dele. Era um verdadeiro ás no Surf. As ondas também iam sentir a falta dele.

Apesar desta morte se ter feito sentir de uma forma bastante forte, a velha questão da nova casa ia ser levantada de novo, porque já era a segunda morte em pouco mais de 7 meses. Uma coisa era certa : aquelas águas eram muito periogosas.

E ainda havia a guerra com os Rocker

( continua dia 20....)

2 comentários:

daga disse...

Dioguim vai sentir mais a falta do amigo, porque agora não tem quem lhe execute as "filosofias" :p
agora vai ter de passar à acção também ;)

Francisco Castelo Branco disse...

foi uma grande perda para a comunidade, mas tambem para a história

Share Button