Etiquetas

sexta-feira, 25 de março de 2011

Defesa da Honra dos "errados"

A confusão em que o País hoje se encontra é gigantesca. 200 000 mil pessoas descem a Av. da Liberdade em Lisboa. Devem estar erradas. Os camionistas e cito “Se os nossos governantes são tão bons então que venham eles gerir as nossas empresas.”, portanto só podem estar errados. Os estudantes portugueses estão tão errados que nem sabem “escolher” um curso que garanta um futuro. Os professores também estão profundamente errados. Os profissionais liberais não sabem nada e também estão errados. Os idosos estão… Já todos percebemos.

Há alguns dias “conheci” um jovem analfabeto (totalmente errado) que frequentava o 8º Ano (é verdade), faltava às aulas para “limpar terras” e recebia um subsídio com o qual podia sobreviver… de facto a confusão em que o nosso País se encontra é enorme. Ainda assim este jovem a propósito do seu País afimou: “está mal” (uma frase tão simples que representa uma ideia tão grande).

Certa está a responsável por esta escola, certo está o responsável pelo seu subsídio. Certo está o nosso PM que continua a adiar a Governação de Portugal.

Certos estão todos os que não erram e insistem que o problema do País é culpa dos outros.

Certos estaremos todos nós quando concluirmos que para ultrapassar a confusão e a situação em que estamos, teremos de cortar na despesa. E a maior depesa do Estado Português é o seu (ainda) Governo. Agora estamos todos certos.

3 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

a questão é que independentemente da cor partidária os queixumes são sempre os mesmos.

ha aquela dicotomia : todos se queixam mas ninguem faz nada.

mas existe aquela máxima que não é por estar o PS ou o PSD que os problemas vão se resolver...

ninguém esta certo ou errado.
Precisamos sim de um bom governo mas tambem de pessoas que lutem. E não se passam a vida a queixar

mas é verdade que os direitos sociais estão a diminuir

expressodalinha disse...

Muita coisa está e sempre esteve mal. Mas enquanto não se viu o fundo ao tacho, ninguém se queixou. Dá que pensar...

daga disse...

é o "desconcerto do mundo"! como diria Camões: "Cá, onde o mal se afina e o bem se dana,/E pode mais que a honra a tirania;"

Share Button