Etiquetas

sábado, 29 de janeiro de 2011

O povo quer mais....

Como já análisamos aqui, o Norte de África vive momentos decisivos.
A Revolta de Jasmim na Tunisia, levou a que os Egipcios se revoltassem contra 32 anos de tirania do Presidente Mubarak.
Tal como o seu homologo Ganoucchi, Hosni apenas mudou alguns dos seus Ministros como forma de atenuar a revolta popular. Isso não atenua o problema muito menos o resolve.
Não entendo como estes lideres ainda não perceberam que o problema é o seu autoritarismo e não a incompetência de alguns ministros. Anos de autoridade desenfreada, corrupção e altos niveis de pobreza estão a fazer cair algumas das ditaduras mais carismáticas de África.
Por esta altura, também há relatos de manifestações no Iemen. E não esqueçamos o Sudão que está prestes a se separar.
Falta saber se as poderosas ditaduras da Libia, Siria e Irão vão sofrer o efeito contágio.
Agora a história espera por duas respostas :
Como vão actuar os EUA perante um amigo que manteve excelente relações com os EUA desde Bill Clinton?
Jasmim marcará o inicio de uma etapa da História Mundial? a primeira desta década...?

2 comentários:

expressodalinha disse...

Resta saber em q sentido caminharão as coisas: democracia ocidental ou "democracia" religiosa?

Francisco Castelo Branco disse...

É uma boa questão, mas tendo em conta o exemplo iraquiano, inclino-me mais para a Segunda.
Até porque quer se queira ou nao, a componente religiosa é fulcral na construção destas sociedades.
A diferença é que se vão embora os tiranos.

Mas sem ditadores, resta saber se não reinará a anarquia total

Share Button