Etiquetas

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Assembleia de Pinguins : Vitória para ..... XXI

(...)
Com todos a postos para a luta, cabeu aos Narvais a honra de desferir o primeiro golpe. Dente avançou, parou por momentos mas de repente saltou para cima do Sonhador. Este conseguiu desviar-se mas o enorme dente do Narval furou um pouco a pele da Orca, provocando um enorme rugido que assustou toda a Ilha. Os pinguins e os restantes animais aplaudiram e regojizaram-se com o este feito. Uma mancha enorme de sangue surgiu no mar que ladeava as Caçarola. Era sangue de Orca, e assim os narvais ficavam em vantagem numérica.

Logo de seguida à morte do Sonhador, as baleias assassinas ficaram enraivecidas e começaram a bater com as caudas no mar dando sinal que estavam furiosas e prontas para derrubar tudo o que lhes aparecia pela frente. Depois de terem matado uma Orca, os Narvais começaram a atacar em pares para ficarem em vantagem nas lutas. Desta vez Dick Joe e Marshall ladearam The Lucky Animal, mas este teve a ajuda de Cork. Só que atrás dele vinha Dente. A Assasina media forças com Cabeça de Urso e The Killer enfrentava Infeliz. A orca conhecida dos pinguins matou num instante Cabeça de Urso provocando a primeira baixa nos Narvais, mas a baixa seria recompensada com a rápida derrota de The Lucky animal que não aguentou travar a luta com dois gigantes.

Nas Orcas ainda restavam a Assassina e The Killer já que Dente conseguiu matar mais um adversário. Os Narvais ainda tinham Infeliz, Dente, Dick Joe e Marshall e chorando a perda de Cabeça de Urso.

Quatro narvais para duas Orcas era morte certa para as baleias assassinas, mesmo assim os Narvais quiseram organizar-se e pensar no que se havia de fazer com os animais que ainda restavam.....

Fora da batalha de combate, os espectadores pediam uma morte rápida, especialmente os pinguins e as focas que haviam sofrido baixas humanas aos dentes daqueles monstruosos animais. Queriam vingança a todo custo bem como ter um jantar mais gostoso do que o habitual.

- Nós não nos rendemos.Uma Orca nunca se rende. Terão de nos matar até à ultima mas jamais seremos motivo de gozo por atirarmos a toalha ao chão. - avisou de imediato a Assassina.

Os Narvais acabaram a conferência e voltaram-se para as baleias e ..........

( continua dia 26...)

1 comentário:

Francisco Castelo Branco disse...

será que as Orcas vão morrer ou ser poupadas?

Share Button