segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Figuras da Década (9) : Lula da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva, 35º Presidente do Brasil desde 2003 até aos dias de hoje.
Em Outubro o Brasil vai dizer adeus a um mais carismáticos e importantes Presidentes da história da política brasileira.
O homem que fez com que o Brasil fosse a economia mais poderosa do Brasil, nasceu a 27 de Outubro de 1945. Candidatou-se por cinco vezes à Presidência do Brasil tendo ganho em 2003 a corrida presidencial.
Em 2009 foi considerado o homem do ano pelos jornais Le Monde e El País. O Financial Times considerou-o umas das 50 pessoas mais poderosas em todo o Mundo.
A sua infância foi dura. Teve que trabalhar para ajudar a sua familia a ganhar recursos financeiros. Trabalhou em mecãnica, tinturaria, engraxate e auxiliar de escritório.
Depois a sua vida levou o rumo do sindicalismo. Foi nomeado como um dos Directores da Previdência Social. Em 1975 foi eleito Presidente do Sindicato dos Metalurgicos. Durante a greve de 1978 pensou em fundar um Partido que representasse os trabalhadores. Assim em 1980 nasceu o PT (partido dos trabalhadores) cujo um dos fundadores foi o actual Presidente do Brasil.
Em 1989 Lula candidata-se pela primeira vez á presidência mas é derrotado por Fernando Collor de Mello. A segunda tentativa foi em 1994 e o adversário era Fernando Henrique Cardoso, também ele considerado um dos melhores Presidentes da História. Mas Lula viria a ser novamente derrotado. Como homem perseverante, Lula não desistiu e em 2002 voltou a concorrer. À terceira tentativa seria de vez. Lula venceu o candidato do PSDB José Serra, que volta a candidatar-se em 2010.
Em 2006, Lula recandidata-se e vence o seu rival Geraldo Ackmin.
Foi no plano económico que o Governo Lula teve o seu sucesso. Diminuição do desemprego, aumento de pessoas contratadas, queda da divida externa e uma balança comercial superavitária.
Mas foi em 2007 que se deu o crescimento económico que não foi afectado pela crise internacional devido ás medidas eficazes que o Governo Lula adoptou.
Em Setembro de 2008, o Presidente volta a quebrar um recorde histórico : Obteve a maior taxa de aprovação que algum Presidente jamais teve. 64% foi a taxa de popularidade de Lula da Silva.
No plano externo, manteve relações privilegiados com a UE, Cuba e os Estados Unidos.
O Brasil cresceu muito com Lula. Em termos economicos mas também no plano externo.
Para além de ter lugar de destaque no G-20, foi também considerado como a nova potência da América Latina por entidades económicas.
Apesar do sucesso financeiro, Lula não conseguir resolver os problemas de desigualdade e violência que ainda assolam o país, principalmente nas principais cidades.
Lula foi mais um presidente que se preocupou com a estabilidade financeira e imagem externa do Brasil do que propriamente um lider "social". Tendo em conta que fez toda a carreira politica protegendo os mais fracos, fica muita por fazer no campo social. Mesmo assim , nunca deixará de ser o Presidente a quem Obama um dia chamou "um gajo porreiro".

Sem comentários:

Share Button