Etiquetas

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Portugal Real XII : Somos assim....

Portugal tem vivido na ultima década várias ocasiões em que mostrou a sua união.
Desde a tragédia de entre-os-rios, a matança de Santa Cruz em Timor, as participações em grandes competições pela nossa selecção de futebol, a visita papal. Estes acontecimentos foram alvo de grande mediatismo. Não só em termos jornalisticos mas de adesão humana e solidariedade.
As ultimas semanas foram ferteis em acontecimentos nacionais. Vitória do Benfica, visita Papal e agora a participação da Selecção na África do Sul.
É verdade que somos levado pelas campanhas publicitárias, pelos especiais que as televisões fazem, e pela adesão popular a estes eventos.

A recente visita Papal foi uma clara demonstração do fervor e unidade que pairou no nosso país. Portugal, diz-se é um país de brandos costumes. Que na hora de nos unirmos por uma causa , remamos todos para o mesmo lado. Foi impressionante ver tantas pessoas unidas em torno de um clube e mais tarde de um lider espiritual.

Os grupos que se formaram, as iniciativas criadas. É na Internet que se começam a criar estes movimentos que depois têm repercussão na própria comunicação social. Para isso, o Facebook tem contribuido de forma decisiva para juntar cada vez mais pessoas.

Nem todos gostam de futebol, é verdade. Mas quando joga a selecção são muitos aqueles que se querem envolver no espirito e na festa nacional. Nem que seja só para ir para a festa. Estar com os amigos e conhecer novas pessoas. E em relação à visita do Papa, nem todos os que acompanharam a peregrinação de Bento XVI a Portugal eram católicos. Mas nem por isso se deixaram de emocionar e seguir o caminho de Sua Santidade.

Mas não só são os acontecimentos positivos que unem os portugueses. Também as tragédias fazem-nos mais solidários. Aquando da tragédia em Timor existiu uma gigante campanha de solidariedade.

Somos assim. Não há volta a dar. E ainda bem. É uma faceta bem positiva esta que temos.

mas pergunto : Não será esta suposta solidariedade influenciada pela comunicação social?

3 comentários:

expressodalinha disse...

Enquanto fôr esse o papel da comunicação social estamos nós bem. O pior é qd é o contrário.

Francisco Castelo Branco disse...

como assim?

nao percebi...

Francisco Castelo Branco disse...

Apesar de ser esse o papel da Comunicação Social acho que existe algum exagero.

Nas transmissões ou nos directos apela-se ao exagero e à emoção.
A visita do Papa foi uma demonstração clara disso.

Registo para o facto de quando foi a missa do Papa no terreiro do Paço, existiram muitas criticas pelo facto de muitos notaveis terem aparecido.

Mas muito me apraz estes movimentos quando algo de importante acontece no nosso país

Share Button