Etiquetas

domingo, 30 de maio de 2010

Historia dos Mundiais : Coreia/ Japao 2002


O primeiro Mundial na Ásia foi uma verdadeira selecção.
Várias foram as razões para que o Mundial asiático tenha sido considerado um fiasco.
Mas duas saltaram mais à vista : As arbitragens e a má qualidade do futebol praticado. Em relação ao primeiro factor, foi notório o favorecimento a uma das equipas da casa : a Coreia do Sul. Após ter conseguido com toda a justiça o apuramento histórico para os oitavos de final, a equipa de Hiddink foi notoriamente empurrado até ás meias finais. Itália e Espanha sofreram na pele este desiderato. Os Espanhois marcaram dois golos limpos. Ainda hoje ninguém sabe porque razão foram anulados.....
Quanto ao futebol praticado foi outro factor negativo do Mundial. Após uma época desgastante muitos jogadores chegaram à Ásia sem força nas pernas. Selecções como a França,Portugal e a Argentina não passaram da Primeira fase. Os campeões do Mundo não chegaram sequer a marcar qualquer golo. Já a Selecção das Quinas teve uma participação desastrosa. Jogadores em baixo de forma, um treinador sem categoria e como em Saltillo 86 houve muitas polémicas. Pior do que isso foi o comportamento de três jogadores no jogo com a Coreia do Sul. Após três expulsões de Beto, João Pinto e Conceição. O antigo jogador do Benfica chegou mesmo a agredir o arbitro do encontro. Lamentavel. A alvi-celeste não passou também da primeira fase.
Nem sequer as equipas que chegaram à final convenceram. O Brasil de Scolari era muito defensivo e pouco alegre. Graças à magia de Ronaldo e Rivaldo chegaram ao tão desejado Penta. Venceram o grupo. Nos quartos de final, um frango de Seaman e a magia de Ronaldinho deram a vitória sobre os Ingleses. A vitoria sobre a Belgica nos quartos de final foi fácil de resolver. As meias finais proporcionavam um reencontro. Turquia e Brasil defrontavam-se pela segunda vez no Mundial. Os turcos perderam mas um caso surgiu no primeiro jogo. Aquando de um lançamento lateral, um jogador turco enviou a bola contra Rivaldo. Este atirou-se para o chão com as mãos agarradas na cara. O jogador da Turquia levou foi expulso. Nas imagens nota-se que a bola vai contra as pernas do jogador canarinho. Rivaldo simulou ter levado com a bola na cara para "expulsar" o seu adversário. Esta feia atitude de Rivaldo teve a "complacência" do fiscal de linha que assistiu à fita de Rivaldo à sua frente. No segundo o Brasil levou novamente de vencida. De que nacionalidade era o arbitro? Sul coreano!
Já a Alemanha que era considerada como uma equipa fraca, surpreendeu. Na Fase de Grupos impos a maior goleada do Mundial ao vencer 8-0 frente à Árabia Saudita. Paraguai, Estados Unidos e Coreia do Sul foram os adversários perderam contra a manschaff na caminhada desta para a final. Como prova do mau futebol praticado na Coreia/Japão, o facto da Alemanha ter ganho todos estes jogos apenas por 1-0.
Uma final inédita na Asia. Brasil e Alemanha pela primeira vez frente-a-frente no jogo decisivo. Oliver Kahn que tinha sido dos melhores jogadores alemães, foi responsavel no primeiro golo do Brasil. Mesmo assim recebeu como recompensa o prémio de melhor jogador do torneio. Mesmo assim, Ronaldo voltou a brilhar. Marcou os dois golos e igualou Pele como melhor marcador de todos os Mundiais: 12 golos marcaram os astros brasileiros.
Este Mundial ficou ainda marcado:
Pela excelente campanha do Senegal que venceu a França no primeiro jogo do torneio. Perdeu nos Quartos de Final com a Turquia.
Zahovic e Roy Keane não pisaram os relvados sul coreanos. Foram mandados embora pelos seus treinadores.
Este foi o Mundial mais fraco de todos. A atribuição dos jogos na Ásia não correu bem. Mesmo assim, o Brasil concretizou o sonho de ter chegado ao Penta.
Será que iria conquistar o Hexa na Alemanha?

2 comentários:

Larissa Bona disse...

Para mim a imagem mais impressionante deste mundial aconteceu no segundo jogo Brasil x Turquia, no qual os turcos perseguiram Denilson: http://www.youtube.com/watch?v=qnLNw6lWqhg . O gol de Ronaldinho Gaúcho na Inglaterra foi espetacular. E a cara de bulldog de Oliver Kahn no primeiro gol do Brasil na final, também nunca vou esquecer.

Francisco Castelo Branco disse...

Sim, o golo de Ronaldinho foi um "pato" do Seaman....

La está, a equipa do Brasil com Felipao nao entusiasmou.

Já a de Portugal com o mesmo treinador jogou futebol bonito.

Estranho nao?

Share Button