quarta-feira, 26 de maio de 2010

Bons Vizinhos

Ontem comemorou-se o dia internacional dos vizinhos. Perdularios por não termos comemorado este dia no seu devido tempo, vimos por este meio partilhar com todos os vizinhos da blogosfera este maravilhoso dia.

Tempos em que se fala cada vez mais numa sociedade individualista e egoísta, onde o "eu" está bem acima da "equipa" e se joga tudo para se alcançar uma posição de destaque; cada vez faz mais sentido falar em vizinhança.

O "vizinho" costuma ser o tipo que arranja tudo; o gajo que mete a musica aos altos berros, ou a "miuda gira" que vive ao nosso lado....

Embora Portugal não tenha grandes tradições de vizinhança, naquele país chamado Estados Unidos da América; a cultura do "vizinho" é levada ao seu extremo. Churrascos quase todos os dias, troca de ferramentas, partilha do cão, entre outras singularidades....

Sendo assim , queriamos aferir qual a vossa relação com o vizinho. Da frente, de trás ou dos lados. Tanto faz

  1. O gajo mais porreiro do mundo.
  2. É um bicho do mato. Nunca o vi.
  3. É uma miuda toda giraça. Pena ter namorado.
  4. É uma personalidade famosa.
  5. Tenho a chave de casa dele. Nem preciso de lhe pedir autorizaçao para entrar em casa.
  6. Gosto muito de levar o cão dele a passear.

Divirtam-se

3 comentários:

Cravo disse...

Hoje não é bom dia para perguntar da relação com o vizinho... Por acaso, foi dia mas é de "ralação" :)
Sem brincadeira: os laços que deixamos de estabelecer com os vizinhos evidenciam uma falta que, mais tarde ou mais cedo, nos irá cobrar elevado preço...
Dou-me bem com todos e faço-o com prazer.
Os da blogoesfera também são amistosos! :)

Francisco Castelo Branco disse...

Curioso Cravo

Os nossos vizinhos são cada vez mais "virtuais" do que fisicos.
Se nos damos pouco com os vizinhos, e isso é uma caracteristico muito português; fazemos as nossas amizades no Mundo virtual.
Daí que o relacionamento americano com os vizinhos seja impossivel.

Em Portugal, e particularmente em Lisboa, existe pouco contacto entre a vizinhança.

É mais cada encontros espontaneos no elevador ou na porta do prédio...

Cravo disse...

Ok. Quando o arroz acabar cá por casa, bato-lhe ao blog a pedir um bocadinho emprestado...
Melhor ainda: logo fazem-se por cá pastéis de bacalhau - tem um raminho de salsa que me dê? ;)

Abraço!

Share Button