domingo, 14 de março de 2010

Historia dos Mundiais : Chile 1962


Depois da vitória em 1958, o Brasil voltou a ganhar quatro anos depois. Era a afirmação da canarinha como potência mundial.
Em 1962, os grandes candidatos à vitória eram o Brasil, URSS e a Hungria. O Chile jogava em casa e era preciso respeitar isso.
Argentina e Chile candidataram-se à organização da prova. Cabendo a sorte aos chilenos que obtiveram 32 votos contra os 10 da Argentina.
16 equipas jogaram a fase final.
Na primeira fase destaque para o facto de no jogo do grupo 2 entre Suiça e Itália ter havido vários socos. Violência foi coisa que não faltou neste Mundial. Nesta fase acabaram por passar os favoritos. Á excepção dos italianos.
Nas Meias Finais, o jogo grande era entre Brasil e Chile. Garrincha, que foi um dos heróis dos canarinhos, foi expulso neste jogo. Só que no jogo da final contra a Checoslováquia o mesmo jogador pôde actuar. Já viram isto em algum lado?
O Brasil venceu o Chile por 4-2. Na outra meia final, a Checoslovaquia venceu a Jugoslávia por 3-1.
Na final, os checos entraram a ganhar. Mas depois Amarildo, Zico e Vavá estabeleceram o 3-1 final e deram aos brasileiros o Bicampeonato Mundial. Era o nascer de um nova potência, depois de quatro anos antes ter conquistado o seu primeiro campeonato do mundo.
Este Mundial ficou marcado por três situações
1-Pelé que tinha sido a figura do Suécia 1958, sofreu uma lesão no jogo da fase de grupos contra os Checos e não mais voltaria a jogar.
2- Foi o Mundial onde se discutiu as naturalizações. A FIFA adoptou medidas rigorosas quanto a este aspecto.
3- Não havia uma lista de substâncias proibidas. Apenas o teste de Urina.
Era o fim de mais um Mundial. Daí a quatro anos, o campeonato de futebol voltaria à Europa. Mais concretamente a Inglaterra. E aí nasceu outra estrela. Seu nome?
Eusébio da Silva Ferreira!

3 comentários:

Larissa Bona disse...

O Zico jogou a Copa de 62??? Ou o Zico a quem você se refere é outro?

Francisco Castelo Branco disse...

não faço ideia.
Se calhar era um Zico diferente do grande Zico

Talvez o pai dele...

Larissa Bona disse...

Hahahah! O pai dele! Hahahah!! Infelizmente, o Zico mais famoso nunca ganhou uma Copa do Mundo e ainda tem fama de ser pé-frio. Deve de haver sido outro.

Share Button