quarta-feira, 31 de março de 2010

2 Fase Tema 2 - Natureza 4 elementos Poema 2

PERTO

Não chores aos pés do leito onde morro

Se em Ser (eu fui) chama qu’enlutou

As luas se sucedem

E da Primavera de nascer o Outono ceifou

Ontem fui caule verdejante,

da brisa

Neste grão de areia dou minha folha ao Cais de beber

Se vou findar na praia

Podiam certas, as ondas, me vir empurrar

E arrasta-me, ò Dor do Tempo

Que só partindo Homem te vou perceber

As luas se sucedem

E lento, o compasso, não deixa de mim sair

Em despedir-me corto o fio da Laranja

Que foi o Sol onde ceguei

Da Luz em sangue concebida

Jorram mil perfumes

Do ventre onde, Encarnado, nasci

O solo me engole

Por murmúrios prantos que não sabem desfolhar

Mas antes se dissolvem

Quem chora, quem chora? Porquê preces tecer?

Os braços do amado onde ansiei terminar

Se arqueiam, quebrando ramos

E já mais não tenho repulsa em arrefecer...

Se a Terra sabe Amar (e a Mar)

A maresia que provo não me é estranha

O fim é, sobremaneira, Salgado

E, morrendo, escorro para o Sul

Em finando me devolvo

Trespassando atavismos

A quem, de mim, se fizer

O féretro não guarda memória,

De madrugada doença pareceu se esquecer

Que é salubre a vida

Em ciclos e fins do princípio viver.

Poema de Francisca Soromento http://www.soromenhoontherun.blogspot.com/

5 comentários:

Francisca Soromenho disse...

Obrigada a todos por esta experiência fantástica!
Novamente, aqui fica o link do original para se poder ver com a formatação correcta (como sabes Francisco a formatação é parte crucial da maneira como escrevo...)

http://soromenhoontherun.blogspot.com/2009/12/esta-perto.html

Beijinhos a todos!

Francisco Castelo Branco disse...

desculpa lá, não consegui meter melhor que isto lol

Quando meteres os teus, talvez saem melhor lol

bjs

Sandra disse...

LINDO E BELO POEMA AMIGO.

ESSAS COISAS ACONTECEM..
CADA PC TEM O SEU.

CHICO ME AVISE LOGO QUE FOR A PUBLICAÇÃO DO MEU.
DEIXE UM RECADINHO NO BLOG DA CURIOSA.
CARINHOSAMENTE.
SANDRA

http://sandrarandrade8.blogspot.com
vou te esperar. estou sem tempo. a vida real é muito corrida. Quase não tenho mais tempo...Ando muito ocupada.
Agradeço o seu carinho
Sandra

ellen disse...

Francisco,
ando perdida nesta história do Concurso.
Explique as posições se faz favor quando puder.

Beijinho

ellen disse...

ah... e distraí-me sem comentar este poema, que também é muito interessante.


Beijinho

Share Button