Etiquetas

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Federações do Brasil: Mato Grosso do Sul

Gruta do Lago Azul


Retomo a série Federações do Brasil, que estréia em 2010 falando do Mato Grosso do Sul, Estado para o qual ainda não fui, mas que tenho muita vontade de visitar.

Localizado na Região Centro-Oeste, o Mato Grosso do Sul faz fronteira com os Estados de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, bem como faz divisa com Paraguai e Bolívia. A sua capital é Campo Grande.

Aliás, deve-se ressaltar que até 1978, esta unidade federativa fazia parte do Estado de Mato Grosso, muito embora o seu desmembramento tenha sido determinado já em 1977.

Entretanto, a idéia do desmembramento não era coisa nova. Desde o século XIX que havia movimentos separatistas, porque havia uma desigualdade de desenvolvimento entre o norte e o sul do Mato Grosso.

É neste Estado que se localiza 65% do Pantanal (que ficou mais famoso ainda com a novela homônima de Benedito Ruy Barbosa, veiculada pela extinta TV Manchete, que adotou a região como cenário), que é uma savana alagada e trata-se de uma das maiores extensões úmidas contínuas do planeta.

Na verdade, pode ser considerado como um “mar interior de água doce” e é o resultado da separação do oceano há milhares de anos.

De maio a outubro há um período de grande seca e no resto do ano há muita chuva, o que dá margem a um habitat bastante propício a diversas espécies de animais, o que dá um tom totalmente especial à paisagem do local. Mas não é o Pantanal que me faz querer conhecer o Mato Grosso do Sul, pois sou uma pessoa mais urbana, não sou muito into jacarés!

De fato, o que me atrai ao Mato Grosso do Sul é a cidade de Bonito. Só pelo nome da cidade, já é possível imaginar a beleza do local. Trata-se de um pólo de ecoturismo onde se localiza a Gruta do Lago Azul (que tomei conhecimento da existência através de outra novela, Alma Gêmea, que atualmente é reprisada pela TV Globo) e é esta que quero conhecer.

Esta caverna é uma das maiores cavidades inundadas do planeta, pois em seu interior há um enorme lago azul de tirar o fôlego. Para chegar ao lago, que possui cerca de 90 m de profundidade, é preciso descer 100 m na gruta. Não gosto muito de aventuras, mas isso eu queria ver sim.

A grande maioria da população vive em Campo Grande e é formada por muitos migrantes de outros Estados e imigrantes vindos de países como Alemanha, Espanha, Itália, Portugal, Paraguai (maior grupo étnico estrangeiro no Estado), Japão, Síria e Líbano.

Isso sem falar que apenas perde para o Amazonas na quantidade de habitantes índios. E no quesito população há outra curiosidade: é no Mato Grosso do Sul que se encontra uma das maiores comunidades quilombolas do país.

Apesar da localização privilegiada, o que facilita o comércio com os Estados mais ricos do Brasil e o acesso a outros países da América do Sul, a economia deste Estado baseia-se principalmente na produção rural, em especial a agropecuária, possuindo um dos maiores rebanhos bovinos do Brasil. Isso sem mencionar, o turismo ecológico, que também é forte.

Resultado disso tudo: quero ir para lá já.

Larissa Bona

PS: Novela também é cultura.

2 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

Essa é a terra de Ney Matogrosso?

Larissa Bona disse...

Sim, ele é da cidade Bela Vista. E o seu sobrenome é justamente por conta do Estado onde nasceu.

Share Button