quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

E a nós? Quem nos salva?

As expressões nacionais são das mais antigas tradições populares. Ninguém sabe qual o sentido em que são ditas....

Nós aqui vamos desvendar esse segredo que está por debaixo da Casa Branca, Palacio de Buckingham e Palácio de Belém....

Todos nós sabemos como os Presidentes Norte-Americanos, os Primeiros-Ministros ingleses e os politicos em Portugal acabam os seus discurso, mas não sabemos qual o seu significado....

Nos Estados Unidos, Deus abençoa a América. Tem que o fazer, ainda para mais nos ultimos anos em que tem andado à guerra com o terrorismo. Abençoa a América por esta ter cometido erros ao longo da sua história ou por ter ajudado milhoes de pessoas nas suas intervençoes, quer militares quer civis?...... Na verdade, a América foi abençoada com Barack Obama depois do pesadelo W.Bush. Mas nem este parece estar a satisfazer o Deus americano. A realidade é que os Estados Unidos estão abençoados e continuam a ser a primeira potência mundial.

Em Inglaterra, o nosso Senhor salva a Rainha. Só podia ser, porque com os Primeiros-Ministros que tiveram desde Margaret Thatcher (incluida...), Deus só pode Salvar a Rainha, para que esta não caia também neste rumo sem fim. Da incompetência e trafulhada que os senhores que estão no governo andaram a fazer. Assim, em Inglaterra a Rainha só pode ser salva. Mas esta expressão pode ter mais significados. Ou o povo inglês quer rapidamente mudar de regime e para isso há que "assasssinar a rainha"; ou então com a profunda crise económica que se abateu na Gra-Bretanha não há forma de "salvar" a Inglaterra e há que "preservar" a Rainha para se construir uma Nova Inglaterra noutro local do Mundo. Não me parece que haja muita terra na Terra para se plantar um país novo.

Se Deus abençoa a América e Salva a Rainha, então o que faz a Portugal?

Pelo que se tem visto nos ultimos 15 anos, Deus deixou de Olhar por Portugal. Tem castigado o nosso país com sucessivos governos socialistas e uma viragem à Esquerda, só mesmo faltando começar a guiar naquele sentido. Não tivemos sorte, pois Deus não olhou para Portugal e deixou-nos cair no marasmo e endividamento que hoje temos.....Deu-nos 10 estadios novos, mas agora parece que a autarquias estão a ir à falência por causa disso. Arranjou-nos um Alegre sarilho que vamos ter de aturar durante um ano. Espero que seja o ultimo. Se Deus não nos abençoa ao menos que salve Cavaco e o deixe ficar alegre por mais cinco anos. E que em Junho próximo faça com que milhões de portugueses( perdão benfiquistas...) tenham alguma coisa com que sorrir.

É notória a discriminação entre Estados Unidos, Inglaterra e Portugal. Uns são abençoados, outros podem ser salvos, Portugal fica sempre apenas com um....

Viva!

Sem comentários:

Share Button