quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Os desafios da América Latina

Por força da realização da Cimeira Ibero-Americana em Lisboa, é preciso fazer uma análise ao que é o crescimento e os problemas deste continente que emerge em termos económicos mas que em termos políticos continua com um atraso evidente.

Sem dúvida que os países latino americanos estão a crescer economicamente. Países como a Argentina e Brasil são uma prova disso mesmo. Mas o facto é que ambos os países continuam a apresentar diferenças sociais demais evidentes. A diferença entre os ricos e pobres é bastante notória. Quem fala da Argentina e do Brasil, fala do resto. Ao contrário de África que tem os seus problemas estruturais e que conta com uma ajuda enorme do resto do mundo, os países latino americanos continuam a apresentar sinais de evolução mas ao mesmo tempo de pobreza. Veja-se o caso do Brasil onde o crescimento é evidente mas depois tem um problema social grave para resolver. Ao contrário da Europa, onde o seu crescimento económico teve um salto social também muito grande. O que parece não acontecer na América Latina.

E isto leva-nos a outro problema. As constantes agitações políticas, veja-se o caso das Honduras; a perpetuação no poder de chefes de Estado como Chavez, Evo Morales ou Uribe são um factor de agitação e instabilidade na região. Apenas a Argentina de Kirchner consegue fazer o seu caminho sozinho, conseguindo separar-se da maioria dos homens latinos. Já Lula da Silva não sabe bem por onde andar. Se por Chavez ou Obama levando o Brasil atrás de si.

A América do Sul, mais do que África, é um continente onde as oscilações e as diferenças sociais são bem evidentes. O descontrolo do crescimento, a falta de politicas sociais adequadas e os problemas politicos fazem deste grande continente um problema para o Rei de Espanha resolver. Porque a unica semelhança que estes países têm é a língua!

Nada mais

1 comentário:

Francisco Castelo Branco disse...

A Cimeira condenou hoje o golpe de estado nas Honduras.
Como se viu, tambem a America Latina funciona duas vozes.
Mas aqui ha um pormenor.
Muitos estão ao lado dos EUA.

É esse o problema. Muitos paises da America Latina ainda estao "apegados" aos EUA.

Ainda existe esta diferença na America Latina. É por isso que dificilmente os regimes mudarao. E o crescimento se fará sentir

Share Button