Etiquetas

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Autárquicas 2009

No próximo Domingo Portugal irá novamente a votos. Iremos escolher os representantes máximos dos nossos concelhos, freguesias e assembleias municipais. Como eleitora que sou irei também votar. Virei de França de propósito para exercer o meu direito, pena é que muitos tenham os locais de voto à frente do nariz e não queiram ter o trabalho de votar. É uma pena mas é o país que temos, curiosamente à semelhança do resto da Europa. Vou focar algumas ideias acerca das duas principais câmaras do país e, como é óbvio, sobre as eleições no meu concelho.

Lisboa: Julgo que António Costa merece o benefício da dúvida. Dois anos são muito pouco para avaliar qualquer tipo de obra. O candidato do PSD parece ser mais que Jesus Cristo dado que Santana já ressuscitou umas 3 ou 4 vezes para a vida política. Nota-se que Santana é o homem que vive da política e não sabe fazer mais nada, não que Costa também não seja mas pelo menos nunca cometeu os suicídios políticos de Santana. Gosto muito das medidas de António Costa no que concerne ao incentivo dos transportes públicos na cidade. É absolutamente impensável que numa cidade do século XXI moderna o carro ainda seja o principal meio de transporte. A rede de transportes públicos de Lisboa é bastante razoável portanto faz sentido a campanha do PS relativamente a este ponto. O calcanhar de Aquiles parece ser mesmo o local escolhido para o instituto de oncologia. Não faz sentido fazer o dito instituto perto da Bela Vista. Acaba por ser uma falta de respeito para com os doentes e com os lisboetas, e até portugueses, em geral.

Porto: Rui Rio vai vencer e muito bem. O Porto não é uma cidade perfeita, está longe de o ser. Certo é que o candidato da coligação PSD/CDS-PP fez sem dúvida imenso pela cidade nos últimos anos como presidente do município. Para além do mais é um homem que não cede a pressões de interesses particulares e também alguém que vive o Porto de uma forma muito particular. A sua adversária Elisa Ferreira é, digamos, muito fraquinha comparada com Rio. Propostas são diminutas, fala-se de uma cidade se cultura. Aos que se queixam que o Porto não tem cultura gostaria mesmo que olhassem para a cultura no tempo do executivo PS.

Gaia: Vou votar Luís Filipe Menezes. Parece estranho estar a apoiar 3 candidatos de centro/centro-direita mas julgo que quando falamos em autárquicas mais que a orientação política devemos ver os candidatos antes de olharmos a ideologias políticas. A obra está à vista de todos e só não vê quem tiver má fé. Gaia evoluiu e muito. Melhor que isto é o facto do executivo camarário não se limitar apenas a melhorar a cidade mas sim todo o concelho. Foram criadas nos últimos anos infraestruturas de elevada qualidade que colocam o concelho de Gaia com uma qualidade de vida bastante boa para um país com a realidade de Portugal. Existe a questão do endividamento camarário que a câmara tem, deve ser o grande objectivo de Menezes nestes 4 anos: equilibrar as contas.

Para variar apelo ao voto consciente nas próximas eleições. Acho de todo importante para a democracia e para o futuro dos concelhos deste país!

10 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

Marta a adversaria de Rui Rio é Elisa Ferreira e nao Helena Roseta.
Esta aliou.se a Costa em Lisboa quando ha quatro anos disse que jamais se coligaria a Antonio COsta, mas para derrotar Santana vale tudo.

Nao posso concordar contigo em relação a Lisboa.
Santana até fez muito pela cidade. Tirou algum transito da cidade.
Costa quer tirar o carro da cidade, mas o que fez no terreiro do paço é inqualificavel.
Existe um restaurante chamado Martinho da Arcada, foi la onde PSL fez a blogtulia da qual eu participei.

Esse restaurante-Bar, tinha uma vista lindissima para o rio.
Hoje essa vista está tapada porque ali só passam autocarros.
Ha que fazer as coisas mas bem feitas.
Costa nao tem obra nenhuma.
E essa de querer equilibrar as contas nao pode servir de desculpa.
PSL tem mais projectos e obra.
E tem os mesmos dois anos.
O que PSL fez com o tunel do marques foi tirar o transito.
Na Rua onde trabalho, antes de existir o tunel , era impossivel. Hoje praticamente nao existem carros.
Como no Marques.
Ainda ha muito a fazer em termos de transito, mas o problema que o transito é criado pelas pessoas que vêm de Oeiras, Cascais, Almada, e por aí fora.

E aí nada ha a fazer, porque nao apetece sair do trabalho as 20.00 e ter que ir de transportes-
É chato e custa.

Falta um espaço de cultura como o Parque Mayer, a feira popular era muito bem vinda.

expressodalinha disse...

Enquanto Lisboa e Porto continuarem a ser pólos de atracção quase únicos, estes problemas de trânsito vão continuar. O pior é que eles começam a ser mais dramáticos em cidades secundárias, como Oeiras ou Cascais ou mesmo Leiria e Bragança. Terras que nada aprenderam coma falta de planeamento lusitana. O carro é um mal, mas ninguém dele abdica. Noutras terras, como a minha Oeiras, Isaltino vai ganhar mesmo condenado. Um facto que irá merecer as análises socio-políticas mais interessantes e toda a campanha. Não tenho posição sobre Gaia. Não conheço. Lisboa terá de ir para o Costa, por uma questão de vergonha relativamente ao Santana. Rio, não o entendo. Preferia a Elisa Ferreira. Mas o estilo tripeiro do Rio deve dar mais votos.

Francisco Castelo Branco disse...

Rio fez muito pelo Porto. Nao vivo la mas da para notar isso.
Acho que a gestão decadente dos governos PS no Porto estão a vista.
AInda por cima voltariamos com a promiscuidade autarquia- clube de futebol.

Vergonha sim se Isaltino e Felgueiras vencerem.
Nao entendo como nao ha legislaçao que proiba estes senhores condenados no exercicio das suas funçoes de serem candidatos
O que vale é que sao os ultimos 4 anos.
Nem 1 deveriam ter feito

Marta Sousa disse...

Tens razão Francisco. Foi uma gafe. Agradeço por me avisares!

Ega disse...

Só pelo trabalho que a equipa jurídica de Rui Rio fez na Câmara, já merecia todos os votos possíveis.

O Código Regulamentar do Município do Porto é, aliás,um monumento à beleza jurídica. Tomara que algo assim fosse adoptado pelos restantes municípios portugueses (já nem falo do Estado Central, porque na AR e no Gov já perdi toda a fé).

Francisco Castelo Branco disse...

Ola Ega

bem vindo

Isso é ironico ou esta a falar a serio?

que tem de especial o Codigo regulamentar do Municipio do Porto?

Ega disse...

Que tem?

Juntou e sistematizou todas as posturas e regulamentos do município do Porto num só compêndio, feito de maneira a ser alterado sem se mexer na sua sistemática.

Tente apenas procurar a regulamentação sobre afixação de pub na via pública em Viana do Castelo e depois no Porto e veja as diferenças.

Francisco Castelo Branco disse...

ao estilo de Socrates e do famoso Simplex

expressodalinha disse...

Isaltino vai ter a maioria absoluta. Como sabes não votar nele, mas é super interessante analisar este fenómeno (já agora, não se compara a Felgueiras. Em certos aspectos é mais grave, noutros merece maior respeito pela obra). Quanto ao Porto, talveztenhas razão. Não sei.

Francisco Castelo Branco disse...

o povo portugues ( e as populações destes concelhos, sem ofensa Expressodalinha.) continuam a revelar muita pouca inteligencia democrático.

Como habitante de Oeiras que és, consegues explicar o fenómeno Isaltino?

Share Button