Etiquetas

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Federações do Brasil: São Paulo



Tomando em consideração que cheguei ontem de uma "turnê" pelo Brasil, na qual estava incluída São Paulo, hoje em nossa série sobre as Unidades Federativas do Brasil, falarei sobre este Estado, que é o coração financeiro, corporativo e industrial, não só do Brasil, mas de toda América Latina.

O Estado de São Paulo é, mais ou menos, do tamanho do Reino Unido e possui mais de quarenta milhões de habitantes. Na América Latina, só o Brasil e a Colômbia possuem mais habitantes que São Paulo.

Também é o Estado onde há mais imigrantes principalmente italianos, portugueses e japoneses. Deve-se ressaltar que a imigração italiana foi tão intensa nos anos áureos do café, no começo do século XX, final do século XIX, que os paulistas possuem um sotaquezinho italiano quando falam.

Esta Unidade Federativa é responsável por, nada mais, nada menos, que 33,9% do PIB do país. Definitivamente, se tirassem São Paulo do Brasil, teríamos um baque fortíssimo.

A sua capital, a homônima São Paulo, é a maior cidade do Brasil, das Américas (isso não tenho tanta certeza, pois suspeito que foi ultrapassada pela Cidade do México) e do Hemisfério Sul, com uma população em torno de dezenove milhões (região metropolitana).

Apenas este município corresponde a 12,26% do PIB brasileiro. É nesta cidade onde estão estabelecidas 63% das multinacionais que estão no país, a Bolsa de Valores com seu índice IBOVESPA (maior da America Latina, segunda maior das Américas, atrás apenas da Bolsa de NY, e a 3ª maior do mundo em valores de mercado) e a Avenida 25 de Março, maior centro de vendas da economia popular e informal do país (quase tudo Made in China óbvio).

Também é lá que estão as lojas das grifes mais famosas do mundo e a super comentada DASLU, loja considerada como símbolo do luxo no país, que hoje passa por dificuldades (não financeiras, diga-se de passagem) porque foi descoberto um esquema de sonegação fiscal que fez com que a dona da loja fosse condenada a 94 anos de prisão (como isso é no Brasil, que fiquem bem claro que ela está solta, impunidade é nossa marca registrada).

Além do mais, a capital do Estado de São Paulo é responsável por 28% da produção cientifica nacional. Também é nessa cidade onde está sediada a USP (Universidade de São Paulo) que é a maior e mais conceituada universidade pública do país.

Assim como nas demais metrópoles cosmopolitas, São Paulo possui uma população bastante diversificada que se espalhou pela cidade, mas se concentrou em bairros. Assim temos o bairro judeu de Higienópolis, o bairro japonês da Liberdade, os bairros Italianos do Bexiga e Mooca e por aí vai.

Entretanto São Paulo não só concentra dinheiro e produção cientifica. Também é, junto com o Rio de Janeiro, o maior centro cultural do país. Na verdade, é a cidade onde há maior mercado para cultura, não só do Brasil, mas da América Latina.

Os principais museus e monumentos da cidade são: Parque do Ibirapuera, Museu do Ipiranga, MASP, Memorial da América Latina, a Avenida Paulista. Isso sem falar nos eventos importantes como São Paulo Fashion Week, Bienal Internacional de Arte e Grande Prêmio do Brasil.

Na área desportiva, a cidade é sede de três grandes clubes de futebol do país: São Paulo FC (meu time), Corinthians (time mais popular do Estado e talvez do país) e Palmeiras (fundado pelos italianos). Além disso, todo dia 31 de Dezembro, é realizada a tradicional Corrida de São Silvestre. São Paulo está bastante cotada para ser sede do jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014.

Mas nem tudo são flores em São Paulo, há muitas favelas na periferia da cidade, pobreza, desigualdade social e criminalidade nessa cidade. De fato, um contraste muito grande com a opulência que ao mesmo tempo apresenta.

Larissa Bona

1 comentário:

Francisco Castelo Branco disse...

Que grande Estado!

Quando estive em Londres conheci 2 pessoas de São Paulo! Caras Legais!!!

Pensava que São Paulo era mesmo só escritórios e trabalho. Que era uma Nova Iorque ou Londres do Brasil.
Mas pelos vistos tem muito mais que isso...

Diga-me uma coisa Larissa. Como é a situação das favelas? É como no Rio que está no meio da cidade? É que outro dia vi na Televisão uma reportagem sobre violência em São Paulo e vi favelas no meio da cidade, pensei que só no Rio é que se verificava essa situação

Mais duas questões :

Como está a população ou como reagiu após o acidente no aeroporto de Congonhas?

E nao estão pensando tirar o aeroporto do meio da cidade?Aqui em Lisboa temos o mesmo problema

Share Button