segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Diários de Campanha V

Hoje damos uma atenção à forma como os partidos fazem campanha

Começando com o mais popular e atrevido, Paulo Portas e o CDS-PP fazem uma campanha sem igual. Mercados, feiras, bairros históricos , geralmente onde existem camadas mais velhas. Paulo Portas já foi chamado de "paulinho das feiras"; e não é para menos , o lider do CDS-PP aproveita estes momentos para desmarcar o seu partido de uma imagem mais conservadora e distante. Assim até parece um partido social....

O PSD com Ferreira Leite sai mais á rua. Normalmente são jantares com militantes. A Universidade de Verão é um bom exemplo. Fazem debates e colóquios procurando fazer uma campanha mais virada para os militantes do que para o país. Existe a participação em jantares e festas do Partido como o Pontal e o Chão da Lagoa. E este PSD está mais interactivo. As conferências de blogues e a criação de um site e blogues é um sinal de que o PSD também está mais moderno e atractivo.

O Bloco igual a si mesmo. A puxar pela juventude, o Bloco prefere reunir os seus. De vez em quando anda de barco pelo Tejo. Essencialmente procura dar uma imagem de que está com os mais novos. Com menos posses mas tem um efeito televisivo e um impacto muito grande

O PCP sempre preocupado com os trabalhadores. No fundo , são eles que dão a força ao PCP. Alguns jantares em terras alentejanas e pouco mais de um PCP cada vez mais desorientado e sem ideias. Porque estas já não se usam... Em lado nenhum.

O PS ... alguém sabe onde anda o PS e Socrates? Nos debates! Socrates vai apostar tudo nos debates. Não se vê o PM na rua. Será medo da insatisfaçaõ? Ou o PM andará preocupado com a governação do país? Ou certo é que tirando os debates onde o Socrates irá dar o litro e passar uma mensagem de confiança, a verdade é que apenas os ditos comicios que serão feitos lá para a frente onde o PM estará no meio da multidão, farão parte da campanha socialista. Podia ir à rua ouvir os portugueses

Qual é a melhor campanha? Por qual delas ficam mais interessados?

3 comentários:

António Rosa disse...

Boa tarde, Francisco.

Boa síntese e muito certeira. Gostei desta sua frase: Assim até parece um partido social....». :)

Abraço.

Francisco Castelo Branco disse...

É verdade António, mas de facto não é nada social

Acho que é mesmo de Direita. Da velha Direita portuguesa

Das divergências e convergências disse...

Não devia haver campanha sequer.

Share Button