quarta-feira, 8 de julho de 2009

São Ícones. E atraem massas....

Esta semana presenciámos duas situações em que se demonstra bem os valores da sociedade do Século XXI.

Agarrados a ícones, a alguém que nos dá alegrias , nos enche de prazer e por vezes sentimos necessidade de nos agarramos a algo para podermos "esconder" as nossas tristezas.

A apresentação de CR9 e o funeral de Michael Jackson são dois exemplos do que atrás foi dito.

Tanto a apresentação do futebolista como a morte do cantor, foram presenciadas e homenageadas por milhões de pessoas. Quer ao vivo nos respectivos locais, quer pela televisão. E é este ultimo meio de comunicação que trouxe uma maior propaganda e assistência aos fenómenos de massas.

85,000 pessoas (só num estádio de futebol) para acompanhar uma apresentação de um jogador em pouco mais de 15minutos. Que razão leva as pessoas a aderirem a este espectaculo? Paixão?Sentimento? Porque nos damos ao trabalho de dar "importância" a um jogador da bola? Que estranho fenómeno é este que por aparecer em certas revistas é idolatrado mundialmente?

O Mundo está actualmente sem referências a nivel politico, herois recentes, pessoas que são um verdadeiro exemplo. E em vez disso procuramos em CR9 e Michael Jackson uma fonte de inspiração. De alegria e também para tapar algumas frustações. Certas vezes, pensamos "Adorava ser como ele\ela.....". Porque não gostamos de nós próprios e queremos ser como CR9?

A emergência deste fenómenos cresce cada vez porque vivemos numa sociedade que está a perder os seus valores. Que acredita pouco em si e procura nestes "jogadores" ou "cantores" um pouco de escapatória ao dia-a-dia. Cada vez mais intenso e stressante. Funcionam como "palhaços" do circo que andam a mando dos Media e a das agências de marketing.

Mas que a qualquer momento, podem cair...

E nunca mais voltar....

6 comentários:

Olavo disse...

È..e parece que cada dia fica pior..
abraços

Francisco Castelo Branco disse...

Sim, é um fenómeno que se tem vindo a alastrar nos tempos que correm

expressodalinha disse...

E precisamos de heróis? Porquê e para quê?

Francisco Castelo Branco disse...

expressodalinha

Nao de herois mas de pessoas em que podemos nos inspirar. Ver ali um exemplo.
Os Ingleses tinham Churchill. Os americanos têm Obama.
E nós? quem dá o exemplo???

Ronaldo e muitas vezes certos idolos que nós temos funcionam como isso.
Precisamos de inspiração e tudo o que ele ou ela fazem, nós imitamos.

expressodalinha disse...

Ou falta de inspiração.Só precisamos de nós.

Francisco Castelo Branco disse...

expressodalinha

concordo.
Mas nao nos faz mal agarramos a icones. A pessoas de exemplo.
Dai que existe estes Ronaldos e Jacksons.
E quando acontece algo, transforma-se num espectaculo.
Televisivo e emocional

Share Button