terça-feira, 31 de março de 2009

Vermelhos, branquinhos, pretinhos e amarelinhos, nós somos todos irmãos.

Aquecimento para o encontro do G20 em 04/02 em Londres

O título deste post corresponde ao refrão de uma música que aprendi ainda no pré-escolar, aos 3 anos de idade, que ensina as criancinhas a não serem racistas.

Mas de que adianta isso, quando a criancinha vai assistir ao telejornal de noite e vê o presidente da república declarar que a crise mundial foi causada por “gente branca, de olhos azuis”, que é injusto os negros e índios serem as vítimas do “cassino financeiro”?

Seria muito cínico de minha parte ficar argumentando aqui que o presidente é um racista, estava discriminando os loirinhos do norte, vamos crucificá-lo, não é isso.

Para bom entendedor, meia palavra basta. Ele quis dizer que a culpa da crise é dos Estados Unidos e que não é justo que os países pobres arquem com o ônus dessa crise. Teria sido muito mais fácil se Lula tivesse dito exatamente o escrevi na frase anterior, ele ficaria bem na fita. Mas não, teve de recorrer à sua licença poética de botequim.

O problema é que o nosso presidente não sabe se expressar e quando inventa de improvisar, sempre acaba dizendo asneiras. Imagine se ele “bebesse”, como é que não seria isto?

Definitivamente, esta “metáfora” foi mal empregada, e um tanto quanto racista, e acabou por constranger o Primeiro Ministro Gordon Brown que estava numa visita ao Brasil, preparatória para o encontro do G20, para discutir a crise.

Aliás, este encontro será o evento mais importante da semana e deverá ser para ele que deveremos voltar toda nossa atenção, arrisco até a dizer que será histórico, pois pela primeira vez países não desenvolvidos são chamados, de fato, para decidir o futuro da humanidade. Isso claro, desde que as decisões lá tomadas não sejam apenas no plano retórico.

Fiquem de olho.

Larissa Bona

6 comentários:

Francisco Castelo Branco disse...

Acho injusto culparem os EUA pela totalidade da crise.
Até porque os países menos desenvolvidos têm uma quota parte de responsabiliade....

Não estão as off-shores em paises menos desenvolvidos como Jamaica?Bahamas?
A riqueza destes paises provem de onde?

Larissa Bona disse...

Lula disse que vai propor o fim dos paraísos fiscais na reunião do G20!

Sinceridade, acho mais fácil o mundo acabar!

Compartilho o pensamento com você e ainda acrescento que o dinheiro das pessoas que enriqueram as custas dos créditos podres lá está serenamente repousando!

Nocturna disse...

Não há nada a fazer.
Larissa não gosta do presidente do seu País !
Venha para Portugal e veja o que por cá se passa. O seu presidente é capaz de chamar os bois pelos nomes, mesmo ao primeiro ministro inglês.
O primeiro ministro de Portugal não se importa de deixar os portugueses quase uma hora à espera de começar um espectáculo (neste caso uma ópera), porque estava à porta do CCB aguardando um primeiro ministro estrangeiro que visitava Portugal e devia ter a cortezia e boa educação de cumprir o horário.
Prefiro o Presidente do Brasil, porque pelo menos tem coluna vertebral !
Nocturna

Francisco Castelo Branco disse...

Larissa

o problema dos paises menos desenvolvidos, como Portugal que nao faz parte do G20, é que estão sempre à espera da ajuda dos grandes.

Essa dos paraisos fiscais acabarem nao acredito! É impossivel isso acontecer.
Hao-de sempre existir....

Falta regulação e concorrência. A concorrência no nosso Mundo é fraca

Rafeiro Perfumado disse...

A foto parece o aquecimento para o jogo da sardinha, o que nem é muito diferente da realidade.

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra prix
http://prezzoviagraitalia.net/ prezzo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra

Share Button