Etiquetas

quarta-feira, 25 de março de 2009

A Humildade Inglesa II

Os ingleses sao um povo bastante humilde. Nota-se a sua frieza, distância, afecto mas tambèm a sua humildade e generosidade.

No tempo que tenho cà passado, tenho notado que cada um è um ser diferente e unico. Que tem os seus gostos, opinioes, convicçoes. No meio da rua, no metro, nas relaçoes sente-se a humildade que corre por Londres.

Cada um respeita os outros. Nao estao preocupados com os outros. Nao comentam a vida dos outros. Isso nota-se muito no metro e na rua. Onde a maior parte das pessoas estao a ler, ouvir musica, pensar para si ou simplesmente andar para lado nenhum.

Nas relaçoes sociais tambèm è assim. A opiniao do outro è importante. Deve ser escutada. Analisada. Os gostos igualmente.

Parece-me uma sociedade nao individualista nem colectivista mas que està no meio destes dois conceitos. Que nao se preocupa em fazer "gossip" mas nao deixa ninguèm desamparado.

6 comentários:

expressodalinha disse...

Com todo o repeito, acho que ainda não conheceste ingleses. Aliás há cada vez menos em Londres!

Chica disse...

Que bom que tu sentes isso por lá!É importante gostar do local que estamos...um abraço,chica

Anónimo disse...

Pois... Esses também não são os ingleses que eu conheço...
Gosto muito de Londres. Aprecio a cidade e não resisto a ir sempre ver um musical ou dois quando estou em Londres. Mas dos ingleses - especialmente os da city - nunca tive ideia de qualquer humildade. Até a análise que faço desse «não falar da vida dos outros» é totalmente diferente. Chamar-lhes-ia indiferentes e algo arrogantes. E não considero que no centro de Londres não se julgue o outro.

Camden Town já é outro assunto: um mundo à parte em Londres onde realmente não se percebe qualquer tipo de censura nos transeuntes facto que atribuo à diversidade de estilos e culturas que por aí cohabitam. Mas a mesma indiferença. A mesma frieza.

São absolutamente magníficos no atendimento desde que não queiramos nada fora das regras (não entrem num bar perto da hora de fechar a achar que vos vão servir comida... Quando muito podem beber até fechar, a comida acaba um pouco antes).
Basta comparar com Amesterdão para descobrir as diferenças abismais - essa sim, uma cidade onde se olha para quem vai na rua, se ajuda, dá informações e em que «nenhum pedido é estranho» como me foi dito. A cidade onde me serviram um café numa loja de souvenirs :D Apenas porque vi a máquina de café e perguntei se era possível, apenas porque sabem que o café deles é horrível, apenas porque «em Amesterdão, nenhum pedido é estranho» :)

Nos transportes públicos em Portugal, a maior parte das pessoas está a ler, ouvir música ou simplesmente metida nos seus pensamentos. Isso não é bom nem mau, mas demonstra a tal indiferença ao outro, aqui como em Londres.

Gossip? Londres é talvez a capital dos tablóides (uma espécie de Paços de Ferreira mas sem os móveis). Convenhamos... se ninguém quer saber da vida dos outros e se ninguém fala da alheia, como é que o The Sun e o Daily Star vendem tendo na capa muitas vezes mera fofoca?!

Os ingleses não são melhores nem piores. Mas são garantidamente diferentes. E eu prefiro os portugueses.
Únicos somos todos. Não há dois seres humanos iguais.

Paula F. disse...

O meu computador bloqueou no momento de pôr o nome, só por isso ficou 'anónimo'. Sorry.

Francisco Castelo Branco disse...

Estou a falar da cidade em geral....

Da maneira como se vive aqui

Aninhana disse...

Passei pelo teu blog, acho-o muito interessante e tenho vindo a ler os teus posts... mas permite-me que discorde do que "percepcionas" dos ingleses.
Os ingleses são pessoas frias e distantes, mas humildes??? Rei, rainhas e princesas nunca foram sinais de humildade. Os maiores tabloides estão aí!!! Os jornais e revistas entram na vida privada das figuras publicas sem dó nem piedade (isto porque os ingleses só querem ler é disto, cusquices). Quando uma determinada foto ou assunto é proíbido publicar, os jornais e revistas publicam-no. Sabes porquê?? Porque a indemnização que irão pagar é inferior ao valor recolhido pelo o aumento do número de jornais vendidos.
O nosso portugalinho ainda assim é um respeitador. humildezinho. Sim... nós sim, somos humildes. Até nos curvamos perante um apontar de dedos vindos dos ingleses ao nosso primeiro ministro, mesmo sem sabermos se é culpado ou não.
Humildes e Burros.
Se Portugal fizesse o mesmo a Ingleterra, faziam-nos um toma e ainda nos processavam a TODOS.

Bjs

Share Button