quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

1.1 Esquerda e Direita : O que os separa Parte II

Vamos agora às origens da Esquerda e da Direita

Foram dois termos que tiveram origem e dividiram a câmara francesa durante a Revolução. Foram os partidos que tornaram este declive ideológico possivel. Pelo facto de se terem sentado....mais á direita ou mais á esquerda....

Na direita estavam as instituições mais tradicionais, seculares e com ligações fortes á Igreja Católica. Não admira que em Portugal tenha havido uma forte ligação entre Igreja e Estado durante a ditadura. Na Esquerda sentavam-se aqueles que eram oposição á monarquia ditatorial e absoluta

A esquerda é mais adepta da mudança. Do radical, do novo. Das novas tendências. A Direita está ligado ao tradicional, á ordem, ao respeita pela lei e pelo seus trâmites.

Contudo, estas diferenças ideológicas tendem a esfumar-se. A não ser se estivermos a falar de posições extremas. Mas o marxismo-leninismo e o fascismo há muito que acabaram no Mundo actual. O que interessa a quem está no governo seja de Direita ou Esquerda é a competitividade, a maior igualdade entre as pessoas, a preservação da liberdade e a eficiência na justiça....

Valores que não têm cor, partido ou ideologia....

10 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Eu iria mais longe, actualmente quer a esquerda quer a direita apresentam uma crise de valores, notório pelo desempenho que têm quando chegam ao poder. Abraço!

Rachie disse...

não podia concordar mais. apontando também as diversas lacunas que a esquerda e direita de hoje apresentam frente à sociedade actual!

e posto isto, aqui vou eu para o meu exame de Comunitário avançado haha!

AnGeL_SeXy disse...

HI

thanks for stopping by my blog and find it interesting.

Francisco Castelo Branco disse...

Rafeiro Perfumado e Rachie

Concordo em certa parte.
Porque em relação se é verdade que existe uma crise de valores, nomeadamente cá em Portugal, em relação á esquerda isso é já nao acontece.
Cá em Portugal e por esse mundo fora ainda se nota traços e valores de Esquerda, que estão a aguentar-se mais do que os de Direita.

Penso que os valores de Direita "morreram" com o fim do fascismo..

expressodalinha disse...

Fascismo não é Direita. Hoje a direita não está na moda e esquerda está a deixar de ficar. Exige-se outras forças políticas. A herança da Revolução Francesa está a precisar de ser renovada.

Tá-se bem! disse...

Isto cada vez está mais ali na entremeada... e os valores também estão (infelizmente) em crise!

Um abraço :)

Francisco Castelo Branco disse...

Então porque temos dois partidos que se afirmam de Esquerda (PCP e BE...) e nenhum da Direita tradicional?

Acho mesmo que a Esquerda está bem presente!!!!

Francisco Castelo Branco disse...

expressodalinha

discordo...

O fascismo e o nazismo são a Direita no seu mais puro radicalismo

expressodalinha disse...

Pois, mas são outra coisa que direita. São fascismo!

Francisco Castelo Branco disse...

Mas o fascismo é a direita tb...

Inspira-se nos valores que foram ditos no post : apego á igreja, conservadorismo, tradição....
Logo o fascismo é uma corrente de Direita...

o mesmo que o marxismo-leninismo da Esquerda

Share Button